França terá novo treinador após a Copa do Mundo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 20 (AFI) - A seleção da França ainda nem estreou na Copa do Mundo da África do Sul, mas já projeta as mudanças para a próxima temporada. A Federação Francesa de Futebol (FFF) e o Girondins Bordeaux anunciaram um acordo, nesta quinta-feira, para que Laurent Blanc possa assumir o cargo da seleção depois do Mundial.

Leia mais:
Brasileiro é cortado da lista oficial da Seleção Espanhola

O atual clube do treinador, o Bordeaux, pediu dois milhões de euros de indenização pela saída do treinador. No entanto, a Federação conseguiu diminuir o valor da multa para um milhão e meio.

O acordo garante que Blanc será o substituto de Raymond Domenech no comando dos franceses. A FFF divulgou um comunicado sobre o acordo com o Bordeaux, onde define uma possível contratação de Blanc como técnico da seleção.

Um salário recheado
Blanc deverá assinar um contrato de dois anos, com a opção de renovação automática. O ex-jogador da seleção francesa terá um salário de 100 mil euros por mês, duas vezes mais que o valor pago ao atual treinador.

A principal dificuldade da Federação será em reverter a posição dos dirigentes do clube Frances que não gostaram da postura do presidente da FFF, Jean-Pierre Escalettes, que, segundo os dirigentes, Escalettes não teve cautela ao divulgar o interesse pelo treinador, o que ocasionou a desestabilização da equipe ao saberem da provável saída de Blanc para assumir a seleção do país.

Não se contrata treinador empregado sem punição
O dirigente Triaud responsabilizou o cartola da FFF pelo mau desempenho da equipe no torneio nacional, que conquistou o titulo na última temporada, mas não se classificou nos torneios europeus neste ano.

“Uma Federação não pode tentar contratar um treinador empregado sem punição. Isso contribuiu para nosso fracasso esportivo”, disse.

As negociações, agora, estão voltadas na contratação do auxiliar de Blanc no Bordeaux, Jean-Louis Gasset, que será, provavelmente, o próximo a trabalhar na seleção após a Copa.

Embora esteja praticamente definido, a FFF não irá divulgar oficialmente a contratação do no treinador da seleção da França antes do encerramento do Mundial. O atual técnico disse que a anuncio do novo treinador poderia tirar a concentração dos jogadores convocado para a Copa do Mundo.