Paulista A3: Dirigente do Comercial define situação de Zé Andrade para 2020

José Lourenço exaltou o jogador de 21 anos e confirmou que o atleta faz parte do futuro do Leão

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 04 (AFI) - Depois de o técnico Roberval Davino sugerir um empréstimo do atacante Zé Andrade, o dirigente do Comercial, José Lourenço, comentou sobre o assunto. Ele exaltou o jogador de 21 anos e confirmou que o atleta faz parte do futuro do Leão.

Com o desempenho do Comercial abaixo do esperado, Zé Andrade foi um dos que receberam críticas. O atacante foi titular em 21 jogos e marcou dois gols, mas com um jejum de 15 jogos sem balançar as redes.

José Lourenço, porém, destacou que o estilo do jogador, que pode fazer o papel de centroavante, mas também joga pelas pontas, é difícil de encontrar no mercado. O dirigente ainda salientou que Zé Andrade é prata da casa e que o Comercial precisa valorizar o seu patrimônio.

Foto: Rafael Alves/Comercial
Foto: Rafael Alves/Comercial
Após a eliminação, Roberval sugeriu um empréstimo, explicando que o fator emocional contribuiu para o jejum do atacante e que uma mudança poderia diminuir a pressão e ajudá-lo.

Mas também afirmou que se não fosse emprestado, continuará nos planos do clube para a próxima temporada.

"Tem jogador que o gol fecha, é emocional. O Zé chega a dar pena. De repente vai para outro lugar, com menos cobrança. O Zé é daqui e prata da casa os torcedores cobram mais. Se não der, ficará aqui, é um guerreiro, se esforça muito, perde dois quilos por jogo. A bola não é brincadeira, precisa de raciocínio. Eu falo que a cabeça joga tanto quanto os pés", disse o treinador após a eliminação na Copa Paulista.