Copa Paulista: Eliminação no Paulista A3 deve causar desmanche no Comercial

Torcida do Leão do Norte esperava o segundo acesso consecutivo, mas viu Bafo ser eliminado para o Desportivo Brasil, nas quartas

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 16 (AFI) - A eliminação no Campeonato Paulista da Série A3 ainda dói no torcedor do Comercial, que esperava o segundo acesso consecutivo. No entanto, a precoce queda - nas quartas de final para o Desportivo Brasil - deve fazer com que o elenco sofra desmanche para a disputa da Copa Paulista.

Prova disso é que apenas o lateral-esquerdo Cortez e os volantes Leonai e Cesinha, entre os principais nomes do plantel, têm contratos longos que permitem a permanência para o segundo semestre.

O goleiro Wesley, o lateral-esquerdo Dener, os zagueiros Danilo e Gut, os volantes Tauã e Tenner e os atacantes PH, Michel Renner e Zé Andrade são outros que ainda estão vinculados ao Leão do Norte. Além deles, o arqueiro Iago discute a renovação e deve seguir no Leão do Norte.

DE VOLTA?
O zagueiro João Freire, o volante Cowboy e o meia Kaique estão disputando o Campeonato Paulista da Segunda Divisão pelo São-Carlense, mas existe a possibilidade de o trio retornar para o estádio Palma Travassos.

Ito Roque - Foto: Rafael Alves / Comercial Futebol Clube
Ito Roque - Foto: Rafael Alves / Comercial Futebol Clube
ADEUS?
Os goleiros Leandro, os laterais Mizael e Léo Pereira, os zagueiros Léo Coelho, Cléber e Silvio, os volantes Kasado e Paulinho, os meias Edson Pio e Helton Luiz e os atacantes Caio Vieira, Caique, Conrado, Erik Bessa, João Marcos e Romarinho ficam sem contrato com o Bafo após o Paulista A3 e devem sair.

QUESTÃO
A montagem do elenco para o segundo semestre também passa pelo nome do treinador, já que ainda não foi confirmada a permanência ou a saída definitiva do técnico Ito Roque.

COPA PAULISTA
O Comercial está no Grupo 1, ao lado de Batatais, Linense, Votuporanguense, Mirassol e Ferroviária e vai estrear no final de semana de 22 de junho. A Copa Paulista, disputada desde 1999 – exceto 2000 – é utilizada para os clubes como atalho para os torneios nacionais, já que oferece uma vaga à Copa do Brasil e outra à Série D do Campeonato Brasileiro.