Paulista A3: Artilheiro do Comercial fala sobre importância de empate em duelo direto

Segundo Caio Vieira, o Bafo tem que tirar pontos de rivais na briga pelo G8, assim como aconteceu contra o DB

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 12 (AFI) - Apesar de ter ficado no empate em casa na última rodada com o Desportivo Brasil, pelo placar de 1 a 1, em pleno Estádio Palma Travassos, o Comercial enxergou o resultado como bom para as suas ambições no Campeonato Paulista da Série A3. Isso por que, segundo Caio Vieira, que é artilheiro da equipe, o Bafo tem que tirar pontos de rivais na briga pelo G8, assim como aconteceu contra o DB.

"Nós sabíamos que era um time bem técnico, mas que tinha dificuldades na bola longa e nos contra-ataques. Então, acho que fizemos um bom jogo, no primeiro tempo principalmente acho que fomos melhores. O sol estava muito quente e acabou atrapalhando um pouco, mas acho que foi um bom jogo, não deu para ganhar, mas também não perdemos. É importante conquistarmos pontos contra equipes fortes e que brigam pelo acesso", disse o atacante em entrevista à imprensa de Ribeirão Preto.

Artilheiro do Comercial fala sobre importância de empate em duelo direto (Foto: Rafael Alves/Comercial FC)
Artilheiro do Comercial fala sobre importância de empate em duelo direto (Foto: Rafael Alves/Comercial FC)
Com 18 pontos ganhos após onze rodadas, o Leão do Norte aparece na quinta colocação, com um retrospecto de quatro vitórias, dois empates e cinco derrotas. O próximo compromisso será contra o Grêmio Osasco - que também briga pelo G8 -, na sexta-feira (15), às 19h, no Estádio Prefeito José Liberatti.

MODO DE DISPUTA DO PAULISTA A3 2019
O Paulista A3 segue o mesmo formato do Paulista A2. São 15 rodadas na primeira fase, que começou em 19 de janeiro, com os dois piores sendo rebaixados e os oito melhores indo ao mata-mata. Depois, quartas de final, semifinal e final, sempre em jogos de ida e volta. Os finalistas sobem para o Paulista A2, enquanto os dois piores caem para a Segundona Paulista de 2020. A decisão está prevista para acontecer em 5 de maio.