Técnico da Chapecoense passa por cirurgia e já tem previsão de alta

A cirurgia na coluna foi bem-sucedida, mas o tirará da beira do gramado de maneira temporária

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 01 (AFI) - Após sentir muitas dores nas costas, em decorrência de uma hérnia de disco, o treinador Mozart, da Chapecoense, teve de passar por uma cirurgia na coluna, que foi bem-sucedida, mas que o tirará da beira do gramado de maneira temporária.

A ideia do comandante era realizar a cirurgia apenas no fim do Brasileirão, mas devido as fortes dores e a limitação motora, foi indicado pelos médicos a realização neste momento. Prova disso, é que no duelo contra o Hercílio Luz, o comandante ficou sentado praticamente todo os 90 minutos.
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

PARTIDA SUSPENSA

Na noite desta quinta-feira (29), a Federação Catarinense de Futebol anunciou que a partida entre Chapecoense e Marcílio Dias, que aconteceria no próximo domingo (02), está suspensa. O duelo, válido pela semifinal do Campeonato Catarinense, teria início às 16 horas, no estádio Gigantão das Avenidas.

"Considerando a denúncia da Procuradoria da Justiça Desportiva do futebol de Santa Catarina e o despacho do Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do futebol de Santa Catarina, referente ao processo n° 42/2021, RESOLVE suspender 'sine die' a realização do jogo MARCÍLIO DIAS X CHAPECOENSE", justificou a entidade que organiza a competição, com um documento que cita uma denúncia da Procuradoria da Justiça Desportiva do futebol de Santa Catarina.