Argel Fuchs ganha força em clube do Brasileirão; Felipão também está na mira

Chapecoense gosta de jovens treinadores com grandes objetivos pela frente e o ex-zagueiro se encaixa nisso

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 28 (AFI) - Se depender da filosofia da Chapecoense, até aqui, Argel Fuchs é o Plano A para substituir Mozart Santos, demitido após o vice no Catarinense. O atual técnico do Botafogo-SP entrou forte na lista da Chape, que também pensa no veterano Felipão.

E esse é um dos principais pontos para o nome de Argel estar à frente do pentacampeão mundial. A Chapecoense gosta de jovens treinadores com grandes objetivos pela frente. E o ex-zagueiro se encaixa nisso.

Argel está na lista da Chape. (Foto: José Bazzo / Botafogo)
Argel está na lista da Chape. (Foto: José Bazzo / Botafogo)

Argel Fuchs renovou contrato recentemente com o Botafogo até maio de 2022. Contratado no dia 1º de abril, Argel dirigiu o Pantera em oito jogos na fase de classificação do Campeonato Paulista. Ele obteve duas vitórias, cinco empates e uma derrota. Assim, conquistou 45,8% dos pontos disputados e garantiu o clube na elite do Paulistão.

"Essa não é a primeira vez que meu nome ganha força na Chapecoense. Fico muito feliz. É um clube grande e com uma história muito bonita, mas estou focado no Botafogo e na Série C", disse Argel ao Portal Futebol Interior.

ARBOLEDA E DAVID NERES EM FESTINHA...

ESTREIAS!
Argel já tinha dirigido o Botafogo em 2011, quando conquistou 50% dos pontos e contribuiu para ajudar o clube na permanência na Série A1. Agora, o treinador tem como objetivo a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. No próximo dia 30, o Botafogo estreia na competição diante do São José-RS, às 20h, no Estádio Santa Cruz.

Sem tempo para respirar, a Chapecoense já se prepara para a estreia no Brasileirão contra o Red Bull Bragantino no domingo, às 18h15, na Arena Condá, em Chapecó. O clube catarinense chega respaldado pelo título da Série B em 2020.