História de sobrevivente da tragédia da Chapecoense vai virar filme

O ex-zagueiro Neto terá sua história contada em um longa metragem dirigido pelo diretor colombiano, Gustavo Nieto Roa

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 09 (AFI) - A tragédia com o avião da Chapecoense em 2016 foi um dos acontecimentos mais tristes da história do futebol. Diversas, homenagens, reportagens e até livros já foram escritos sobre o ocorrido. Agora chegou a vez da história virar filme, o longa "O último sobrevivente" contará a história do ex-zagueiro Neto.

DIRETOR COLOMBIANO

Todo o povo colombiano se mostrou muito acolhedor durante todo o caso, seja com as vítimas, famílias e imprensa. O diretor do filme será o cineasta colombiano Gustavo Nieto Roa (dono do estúdio Centauro).

Foto: Márcio Cunha / Chapecoense
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

"Já foram feitos muitos documentários na televisão, muitas matérias, no Youtube você encontra muitos vídeos do que aconteceu. Com a ficção temos a liberdade de recriar situações que num documentário não seria possível. É uma história que quero que sirva de testemunho do que Hélio viveu, mas em terceira pessoa, com atores", diz o diretor.

Hélio é o primeiro nome de Hélio Hermito Zampier Neto.

EM PRODUÇÃO

A produção já passou da etapa de pesquisa, mas não tem data para ser lançada: está em fase de captação de recursos e busca por investidores, inclusive ex-jogadores. O diretor acredita que até agosto consiga financiar o projeto.


Neto disse que nunca pensou em ter sua vida e história contadas em um filme, mas devido a sua religiosidade acabou mudando de opinião. O ex-jogador quer passar uma mensagem de esperança e fé.

"Quero mostrar para o mundo algo relatado sobre a fé. Não a fé doentia que a gente vê no mundo e que não tolera nada a não ser aquilo que a pessoa pense. De Deus eu falo com facilidade. Ele reorganizou a minha vida quando ficou tudo desorganizado", concluiu Neto.