Novo presidente da Chapecoense revela "pendências" com fornecedores

Dívidas seriam do período entre 2017 e 2019, quando a Chapecoense foi comandada por Plínio David Filho

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 07 (AFI) - A Chapecoense está na vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro e a um passo de voltar à elite. Ainda assim, o clube catarinense sofre com dívidas. Gilson Sbeghen, novo presidente da Chape após a morte de Paulo Magro por Covid-19, explicou as pendências.

"Temos pendências. Com fornecedores, inclusive. Desde de 2019. Vamos tentar equacionar, dentro de um equilíbrio orçamentário", disse o mandatário ao Jornal do Almoço.

"O presidente Paulo Magro deixou um belo legado, temos responsabilidade de seguir até fim de 2021. Com muita competência, austeridade, pé no chão. Não queremos fazer nada que não esteja nas nossas possibilidades. Austeridade para não deixar dívidas para as próximas gestões", completou.

Presidente corre para acertar dívidas. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
Presidente corre para acertar dívidas. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)

NOVAS RECEITAS!
As dívidas seriam do período entre 2017 e 2019, quando a Chapecoense foi comandada por Plínio David Filho, o Maninho. Ex-vice-presidente administrativo e financeiro, Gilson Sbeghen ficará no cargo até o fim de 2021. A ideia é aproveitar o bom momento em campo e buscar novas receitas.

"A gente está trabalhando em várias frentes, tem apoio das entidades, novos patrocinadores, renovações. Se vier o acesso para a Série A, que é uma possibilidade bem próxima, não está totalmente confirmada, vamos ter orçamento maior que 2020.

Temos sócios, que esperamos que voltem. Faço um apelo para que se associem, temos a expectativa de estádio com público", explicou o mandatário.

CLASSIFICAÇÃO!

A Chapecoense, na rodada passada, perdeu a liderança da Série B. O clube catarinense soma os mesmos 63 pontos do América-MG, mas perde no número de vitórias (18 a 17).

No sábado, às 21 horas, a Chapecoense visitará o ameaçado Botafogo-SP no Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 33ª rodada.