Série B: Depois de sair de ambulância, atacante da Chapecoense tem lesão grave confirmada

Paulinho Moccelin teve duas lesões na perna esquerda: o rompimento dos ligamentos do tornozelo e uma fratura da fíbula

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 22 (AFI) - Apesar de ter assumido a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer a Ponte Preta pelo placar de 1 a 0, a Chapecoense começou esta sexta-feira (22) com uma má notícia. Depois de sair de ambulância da Arena Condá, o atacante Paulinho Moccelin passou por exames de imagem e foi confirmada duas lesões na perna esquerda.

A primeira foi o rompimento dos ligamentos do tornozelo, além de uma fratura da fíbula. Ele já irá passar por uma cirurgia nesta sexta-feira (22) para reconstrução dos ligamentos, em um hospital de Chapecó. Ainda não há previsão de retornos aos gramados.

Depois de sair de ambulância, atacante da Chapecoense tem lesão grave confirmada (Foto: Marcio Cunha/Chapecoense)
Depois de sair de ambulância, atacante da Chapecoense tem lesão grave confirmada (Foto: Marcio Cunha/Chapecoense)
Aos 40 minutos do segundo tempo do duelo contra a Ponte Preta, quando descia no contra-ataque, o atacante Paulinho Moccelin foi puxado por Tiago Orobó e caiu com o corpo em cima do pé esquerdo, que ficou preso no gramado. Na hora os jogadores dos dois times perceberam a gravidade da lesão e chamaram o atendimento médico.

Paulinho Moccelin está emprestado a Chapecoense até o dia 30 de janeiro pelo Londrina. Já sem o jogador, o time catarinense segue na busca pelo título inédito da Série B na próxima segunda-feira (25), às 17h, fora de casa, contra o Operário-PR, em Ponta Grossa.