De saída de rival da Série B, atacante entra na mira da Chapecoense

Felipe Garcia não vem sendo muito aproveitado por Bruno Pivetti e negocia sua liberação

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 08 (AFI) - Apesar de estar na vice-liderança da Série B do Brasileiro, com um jogo a menos que o líder Paraná, a Chapecoense tem um dos piores ataques do campeonato. Por isso que a diretoria está no marcado em busca de reforços para o setor.

Além de tentar o retorno do atacante Bruno Silva, emprestado ao Atlético-MG, a diretoria da Chapecoense também está de olho na contratação de Felipe Garcia, que não vem sendo muito utilizado por Bruno Pivetti no Vitória.

Felipe Garcia negocia sua saída do Vitória (Foto: Divulgação/Vitória)
Felipe Garcia negocia sua saída do Vitória (Foto: Divulgação/Vitória)
O atacante de 29 anos negocia com o Leão a rescisão contratual. Assim que isso acontecer, ele deverá ser procurado pela diretoria da Chapecoense.

No Vitória desde o ano passado, Felipe Garcia disputou apenas oito jogos nesta temporada, sendo três pela Série B do Brasileiro, e não marcou nenhum gol. Ao todo, são 32 jogos e dois gols com a camisa rubronegra.

Revelado pelo São José-RS, o atacante passou ainda por Aimoré-RS, Santo Ângelo-RS, Pelotas-RS, Brasil de Pelotas-RS e Goiás, além de ter atuado no futebol da Dinamarca e do Japão.

Na vice-liderança da Série B, com 16 pontos e um jogo a menos que o líder Paraná, a Chapecoense deixa o Brasileiro um pouco de lado e foca nos dois jogos da final do Catarinense contra o Brusque, marcado para quarta-feira e domingo.