Prefeito de Chapecó aprova retorno do futebol: "Matém as pessoas em casa"

O estadual retorna na próxima terça-feira, com as partidas de volta das quartas de final

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 24 (AFI) – A paralisação do Campeonato Catarinense segue gerando polêmica. Dessa vez, foi o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, que se manifestou a favor do retorno do futebol em Santa Catarina.

O estadual havia retornado, mas foi interrompido novamente após diversos jogadores testarem positivo para Covid-19. Mesmo assim, o prefeito acredita que o retorno dos jogos seria benéfico para a população, já que é um incentivo a mais para as pessoas ficaram em casa assistindo as partidas.

“Concordo com as regras estabelecidas de testagem, e a Chapecoense realizou sete testes. Então, diante disso, o campeonato tem mesmo que continuar, até porque mantém as pessoas em casa assistindo futebol”, explicou em entrevista à Rádio Condá FM, de Chapecó.

“É um modo de não aglomerar. Eu sou testemunha disso. Se tem jogo da Chape, eu fico plantado na frente da televisão, a não ser que tenha alguma reunião inadiável, se não estou em casa assistindo”, continuou.

O Campeonato Catarinense está marcado para retornar no dia 28 de julho, a próxima terça-feira, com as partidas de volta das quartas de final. A Chapecoense venceu o Avaí por 2 a 0 na partida de ida e pode até perder por um gol de diferença na Ressacada, em Florianópolis, para se classificar.