Reforço da Chape vê elenco forte e deixa titularidade nas mãos de Louzer

O clube condá vem se preparando para a retomada do Campeonato Catarinense

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 19 (AFI) - Um dos reforços da Chapecoense durante a pandemia causa pelo novo coronavírus, o volante Willian Oliveira destacou a força do elenco da equipe condá, que promete brigar pelo título do Campeonato Catarinense após início ruim e debaixo de muitas críticas, culminas com o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o primeiro de sua história.

Willian Oliveira com a camisa da Chapecoense
Willian Oliveira com a camisa da Chapecoense
"Vejo nosso time muito forte. Gosto muito da mescla de experiência com juventude. O caminho que a diretoria está levando é muito bacana. Tenho certeza que vai dar um resultado positivo nesta temporada", analisou.

O volante, que vinha disputando o Campeonato Paulista com as cores do Botafogo-SP, disse já ter evoluído fisicamente. "Eu particularmente vejo um crescimento gradativo da minha parte. Foi bom ter trabalhado durante a pandemia. Cheguei atrás, mas já me igualei aos demais do elenco. Temos que estar todos na mesma sintonia para conquistarmos os nossos objetivos", falou.

Ele deixou a briga por posição nas mão do técnico Umberto Louzer. "Queremos estar dentro de campo. Não escolho posição. Quem é apto para isso é o treinador. Eu quero estar pronto para poder agarrar a oportunidade. Quero ajudar a Chapecoense com vitórias", finalizou.

A Chapecoense retomou os treinos presenciais visando o confronto contra o Avaí, nas quartas de final do Catarinense. A tendência é que o jogo seja realizado no dia 8 de julho, na Arena Condá.