Após desfalques, Chape promete reforços e deve segurar Alan Ruschel

O Verdão se prepara também para o duelo contra o Avaí, no próximo dia 8 de julho

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 29 (AFI) - A Chapecoense perdeu três jogadores por lesão na última semana. Contundidos, o meia Vini Locatelli, o volante Alan Santos e o atacante Fernandinho devem perder boa parte da temporada. Com isso, o clube estuda novos nomes, principalmente, para a Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Umberto Louzer garantiu que está de olho no mercado em busca de reforços.

"Sim, temos conversado com a diretoria. Sabemos da dificuldade do mercado, além da situação financeira que os clubes se encontram. Temos analisando. Assim que tivermos uma oportunidade boa, vamos conversar. Quando você perde três jogadores de qualidade, acaba tendo uma dificuldade. Vamos passar confiança para os jogadores que podemos contar para que possam fazer dois grandes jogos contra Avaí", falou o treinador.

Umberto falou sobre os reforços na Chape
Umberto falou sobre os reforços na Chape
Além das lesões, a Chapecoense tenta segurar peças importantes do elenco, que interessam a outros clubes. Um desses casos é de Alan Ruschel, capitão da equipe de Umberto Louzer. O CSA já admitiu estar interessado no atleta.

"Todo atleta tem sua importância dentro do grupo e com Alan não é diferente. Não tem titular aqui. Esperamos contar com todos eles até o final da temporada para assim conquistarmos todos os nossos objetivos", disse.

AVAÍ
Umberto Louzer comentou também sobre o duelo contra o Avaí pelas quartas de final do Campeonato Catarinense. O jogo de ida está previsto para o dia 8 de julho, na Arena Condá.

"Estamos vivendo uma situação atípica. Procuramos nos aperfeiçoar nesse tempo. Os atletas vão sentir o ritmo de jogo. Por isso buscamos dar um maior equilíbrio para que possam superar as dificuldades, através de uma equipe organizada. Precisamos jogar melhor do que o Avaí para sair com a classificação", concluiu.