Catarinense: Joilson se machuca e técnico testa volante improvisado na zaga da Chape

Tharlis foi o escolhido por Hemerson Maria para formar dupla de zaga com Derlan no time que deve entrar em campo contra o Avaí

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 17 (AFI) – Em reta final de preparação para a disputa do Campeonato Catarinense, a Chapecoense teve uma baixa nesta sexta-feira. O zagueiro Joílson, que vinha treinando como titular do time de Hemerson Maria, foi vetado pelo departamento médico.

O clube ainda não confirmou a gravidade da lesão, já que Joílson ainda vai passar por novos exames. Dentro de campo, a ausência forçou Hemerson Maria a improvisar o volante Tharlis na defesa, formando dupla de zaga com Derlan.

Outra opção para a defesa seria Hiago, que já iniciou a temporada com uma lesão e ainda não reúne condições de jogo. O jovem Luiz Pedro, recém-promovido das categorias de base, passa a ser o reserva imediato da posição.

Com Tharlis na defesa, o meio de campo passou a ser formado por Ronei, Roberto e Yann Rolim e essa formação deve ser mantida para a estreia no Campeonato Catarinense, na próxima quarta-feira, e já em um clássico. A Chapecoense recebe o rival Avaí, às 21h30, na Arena Condá, pela primeira rodada do estadual.

Hemerson Maria segue fazendo algumas experimentações e não confirmou o time titular, mas a formação mais provável por enquanto é formada por: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Tharlis, DErlan e Alan Ruschel; Ronei, Roberto e Yann Rolim; Aylon, Ari Moura e Anselmo Ramon.