Sem perder há três jogos, lateral exalta recuperação da Chapecoense na série A

Na última quarta-feira, mesmo jogando fora de casa, o alviverde catarinense superou o Atlético Mineiro por 2 a 0

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 01 - Faltam nove rodadas para o término do Campeonato Brasileiro. A Chapecoense está distante 11 pontos do Cruzeiro, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Apesar das dificuldades matemáticas de permanência, a “chama” da manutenção reascendeu na Chape, principalmente pelas últimas atuações.

EVOLUÇÃO
Renato, da Chapecoense
Renato, da Chapecoense

Os comandados de Marquinhos Santos estão invictos há três jogos.

Na última quarta-feira, mesmo jogando fora de casa, o alviverde catarinense superou o Atlético Mineiro por 2×0.

“Sabíamos quer seria um jogo muito difícil pela qualidade do Galo e por eles jogarem em casa."

"No entanto, o nosso time conseguiu nas últimas rodadas entender a maneira que o professor Marquinhos Santos quer que a gente atue e isso vem dando resultado. Tivemos chances de vencermos Palmeiras, Goiás e Fluminense. Depois de martelamos a vitória veio agora diante do Atlético Mineiro”, opinou Renato.

PEGANDO RITMO

No sucesso contra o Galo, Renato foi uma das novidades no time titular do técnico Marquinhos Santos. Contratado junto ao Avaí no começo de 2019, Renato fez suas primeiras partidas pela Chapecoense como ponta, porém, o atual treinador da Chape voltou a utilizar o jogador na sua posição de origem, a lateral-direita.

“Pude pegar novamente o ritmo de atuar como lateral, pois o professor Marquinhos Santos passou a trabalhar comigo nessa posição nos treinamentos. Já vinha entrando por ali em alguns jogos e agora tive a oportunidade de sair jogando. Pude ajudar como titular numa vitória importantíssima e espero dar sequência nesta reta final”, admitiu o camisa 19.

PRÓXIMA PARTIDA

A Chapecoense volta a campo neste sábado, às 21h, na Arena Condá, contra o São Paulo.

Apesar da dificuldade, Renato acredita que o Verdão do Oeste pode aumentar a série invicta.

“Voltamos a pontuar num momento fundamental da Série A."

"Todos os times estão focados só no Brasileirão e isso, logicamente, dificulta bastante, pois as equipes colocam em campo a sua força máxima. Estamos conscientes do nosso cenário, sabemos da dificuldade, mas jogo a jogo tentaremos manter essa reação”, finalizou.