Prata da casa, lateral-direito pede desligamento e deixa a Chapecoense

Clube comunicou nesta segunda-feira que Bryan não faz mais parte do elenco

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 04 (AFI) - O lateral-direito Bryan não é mais jogador da Chapecoense. De acordo com comunicado emitido pelo clube nesta segunda-feira, o contrato foi rescindido após um pedido de desligamento que partiu do próprio atleta. O motivo da rescisão não foi revelado.

Ao firmarem o acordo, as duas partes concordaram em manter 10% dos direitos econômicos do jogador ligados à Chapecoense, com o objetivo de garantir algum lucro em uma negociação futura. O lateral tinha contrato com o clube até dezembro de 2020.

Foto: Márcio Cunha / Chapecoense
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Bryan tem 23 anos e foi revelado pela própria Chape, apesar de ter passado também pelas categorias de base do Juventude. Antes de ganhar espaço no time profissional, ele foi emprestado ao Concórdia, em 2016, e ao Náutico, em 2018, quando teve boas atuações na disputa da Série C.

De volta ao time catarinense após a passagem satisfatória por Recife, Bryan não teve muitas oportunidades, tanto que fez apenas 11 partidas na temporada, com um gol marcado. A última aparição dele foi no dia 13 de outubro, no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, pela 25ª rodada do Brasileirão.