Perto da queda, Chape já trabalha na possibilidade de perder artilheiro

Everaldo pertence ao Querétaro, do México, e tem contrao com o Verdão até o final do ano

por Agência Futebol Interior

Chapecó - Dos 26 gols marcados para Chapecoense no Campeonato Brasileiro, 12 foram marcados pelo atacante Everaldo, que dificilmente permanecerá no clube caso o rebaixamento seja confirmado. Com o planejamento para a Série B, o time catarinense deverá diminuir a folha salarial. Sendo assim, o artilheiro terá que retornar ao futebol mexicano.

Everaldo pertence ao Querétaro, ex-clube de Ronaldinho Gaúcho, que o contratou do Atlético Goianiense em 2017. O atacante tem contrato com o clube mexicano até o meio de 2020 e a multa é de R$ 5 milhões. A Chapecoense tem o direito de compra, mas, neste primeiro momento, não irá efetuar a compra.

O jogador vem sendo o principal destaque do time na competição. Ele tem participação direta em 46% dos gols da Chapecoense. No total, foram 50 jogos com a camisa alviverde e balançou as redes em 18 oportunidades.

Everaldo deve deixar à Chapecoense - Márcio Cunha/ACF
Everaldo deve deixar à Chapecoense
"Estou feliz pelo meu ano na Chapecoense, por ter feito história (foi o maior goleado em Campeonatos Brasileiros pelo clube em uma única temporada). Mas o coletiva vem em primeiro lugar. Estamos em uma situação delicada e assumo minha parcela de culpa. Tento sempre fazer o meu melhor pela equipe. Posso errar, mas dedicação nunca vai faltar. Estaremos juntos até o fim", falou o atacante.

SITUAÇÃO

Com o bom momento na Chapecoense, o atacante despertou interesse de vários clubes da Série A do futebol brasileiro. Palmeiras e Santos já demonstram interesse no atleta de 28, com passagens por Grêmio, CSA, Figueirense, Paysandu, Água Santa e Novorizontino.

Perto do rebaixamento, a Chapecoense ocupa a penúltima colocação, com 25 pontos, contra 36 do Cruzeiro, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. O próximo desafio é contra o Avaí no domingo, às 19h, na Ressacada.