Ex-volante do Palmeiras deixa futuro em aberto na Chapecoense

Márcio Araújo tem contrato até dezembro e ainda não tratou da renovação com a diretoria

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 12 (AFI) - O provável rebaixamento para a Série B do Brasileiro vai fazer o elenco da Chapecoense sofrer uma profunda reformulação para a próxima a próxima temporada. O volante Márcio Araújo é um jogador que tem chance de permanecer no clube.

Na Chapecoense desde 2018, o volante de 35 anos tem contrato até dezembro e ainda não se reuniu com a diretoria para tratar da renovação, mas se mostrou feliz em Chapecó e deixou no ar a possibilidade de permanecer no clube.

BEM RECEBIDO

"Desde que cheguei fui bem recebido, a cidade é tranquila para morar, as pessoas são acolhedoras, minha família está adaptada.

Entendo a situação do clube e nunca pressionei para a renovação. Não quero ser um peso", disse Márcio Araújo, que tem 97 jogos pela Chapecoense.

Márcio Araújo tem contrato até dezembro (Foto: Márcio Cunha/Chapecoense)
Márcio Araújo tem contrato até dezembro (Foto: Márcio Cunha/Chapecoense)

MOMENTO DELICADO
A reformulação no elenco se passa pelo momento delicado vivido pelo clube fora de campo.

Os jogadores estão com sete meses de direito de imagem atrasados, além de um mês na Carteira de Trabalho. A diretoria não tem previsão para colocar as contas em dia.

VAI CAIR?
Na penúltima colocação, com 22 pontos, o time catarinense volta a campo no próximo domingo, contra o Ceará, na Arena Condá, para evitar o rebaixamento de forma antecipada.

Para cair na 33ª rodada, a Chapecoense precisa perder e acontecer uma vitória de Cruzeiro e Fluminense ou empate do Botafogo aliada a vitória de Cruzeiro ou Fluminense.