Everaldo passará por procedimento cirúrgico e não deve mais jogar pela Chapecoense

O time catarinense foi rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro com a derrota para o Botafogo

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 29 (AFI) - O atacante Everaldo não deve mais jogar com a camisa da Chapecoense. O atleta, que vinha atuando no sacrifício, foi diagnosticado com um joanete no quinto dedo do pé direito e terá que passar por um procedimento cirúrgico. A diretoria não revelou o tempo de recuperação, mas a tendência é que não retorno a tempo de reforçar a equipe ainda no Campeonato Brasileiro.

Autor de 13 gols com a camisa da Chapecoense no Brasileirão, Everaldo foi o principal destaque do time que acabou sendo rebaixado com a derrota para o Botafogo, por 1 a 0, na última quarta-feira, na Arena Condá, pela 35ª rodada. O mesmo já havia mencionado que vinha sentido dores no local da lesão.

O bom campeonato com a camisa alviverde fez com que Everaldo entrasse na mira de grandes clubes do futebol brasileiro. O atacante pertence ao Querétaro, do México, ex-time de Ronaldinho Gaúcho, e tem a multa rescisória estipulada no valor de R$ 5 milhões. A Chapecoense tem o direito de compra, mas dificilmente fará tal investimento, ainda mais após a queda do time para a Série B.

Everaldo não deve mais jogar pela Chapecoense
Everaldo não deve mais jogar pela Chapecoense
SANTOS
Apenas cumprindo tabela nas próximas três rodadas, a Chapecoense entrará em campo pela 36ª rodada diante do Santos, em jogo marcado no próximo domingo, às 19h, na Vila Belmiro.

Contra o Santos, Marquinhos Santos terá como opções para a vaga de Everaldo: Renato Kayzer, Arthur Gomes e Dalberto. O treinador ainda poderá optar por uma mudança no esquema tático e reforçar o meio de campo.