Chapecoense recebe Ceará para tentar evitar queda precoce no Brasileirão

Em caso de derrota para o também ameaçado Ceará na Arena Condá, em Chapecó, o clube catarinense poderá sofrer seu primeiro rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 16 (AFI) - A Chapecoense poderá escrever uma página negativa em sua história neste domingo, a partir das 18 horas. Em caso de derrota para o também ameaçado Ceará na Arena Condá, em Chapecó, o clube catarinense poderá sofrer seu primeiro rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Para que a queda seja confirmada, a Chaopecoense, primeiro, terá que ser derrotada na 33ª rodada. Além do tropeço, em um dos cenários, o Botafogo precisaria tropeçar ante o Athletico-PR em Curitiba e Cruzeiro ou Fluminense teriam que vencer. No outro cenário, além da derrota da Chapecoense, o Cruzeiro precisaria vencer o Avaí em Belo Horizonte e o Fluminense teria que derrotar o Atlético-MG no Rio de Janeiro.

"Se houver a questão do descenso, que hoje é uma realidade e tem se tornado cada vez mais próximo, mas, matematicamente ainda não está, não tenho dúvida que vai voltar e ter uma ascensão ainda mais forte a partir de 2020", disse o técnico Marquinhos Santos.

REFORÇO!
O clube do interior catarinense amarga a penúltima colocação com apenas 22 pontos, enquanto o Ceará, fora da degola, soma 36 pontos. Para tentar reverter esta situação, Marquinhos Santos deverá contar com a volta do zagueiro Douglas.

Douglas deverá ser novidade. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
Douglas deverá ser novidade. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
O capitão ainda sente dores nas costas por causa de uma contratura lombar, mas já treina com o restante e poderá ser uma das novidades. Douglas, aliás, treinou ao lado de Amaral e poderá ser titular.

"Tenho um pouco de dor, mas preciso treinar para ver se vou ter condições de jogar domingo", disse ele.

CHAPECOENSE -
João Ricardo; Renato, Douglas (Hiago), Amaral e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Camilo e Roberto; Dalberto, Arthur Gomes e Everaldo.