Marquinhos Santos lamenta nova derrota da Chape e desabafa: "Aqui não tem vagabundo"

O treinador lamentou muito a derrota para o Corinthians, por 1 a 0, na Arena Condá

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 03 (AFI) - Marquinhos Santos deixou o sucesso com o Juventude na Série C para aceitar o desafio de comandar a Chapecoense na luta contra o rebaixamento no Brasileirão. O treinador mostrou frustração com a derrota para o Corinthians, por 1 a 0, nesta quarta-feira, mas deixou claro que não tem nenhum 'vagabundo' no grupo.

"Temos um grupo de guerreiros, de homens, não tem nenhum vagabundo e maloqueiro, os caras trabalham demais, eles têm muita honra com a camisa da Chapecoense. Mediante a situação, eu acredito", afirmou o treinador.

Marquinhos Santos fala da situação da Chape - Márcio Cunha/Chapecoense
Marquinhos Santos fala da situação da Chape
O treinador prometeu não desistir do objetivo de salvar a Chapecoense. "Não podemos desistir, temos que acreditar até o fim. A história mostra isso. Em 2009, o Fluminense tinha 98% de risco de rebaixamento e escapou. Em 2012 e em 2014, assumir o Coritiba na zona, sofremos, mas nos livramos. Com trabalho árduo, podemos escapar de mais uma", completou.

SITUAÇÃO

A Chapecoense não vence há sete jogos, o último triunfo foi por 1 a 0 diante do Avaí, no dia 18 de agosto. O time catarinense é o lanterna, com 15 pontos, sete de diferença para o Fluminense, o primeiro fora da zona de rebaixamento.

A Chapecoense tem um desafio e tanto pela frente na próxima rodada. A equipe catarinense enfrenta o líder Flamengo no domingo, às 11h, na Arena Condá, pela 23ª rodada.