Chapecoense não chega a um acordo e desiste de ex-técnico do Guarani

Lisca disse para a diretoria alviverde que gostaria de iniciar um trabalho desde o princípio

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 11 (AFI) - A Chapecoense continua em busca de um treinador para a sequência do Campeonato Brasileiro. Isso porque o plano A foi por água abaixo. Nesta quarta-feira, o clube anunciou por meio de uma nota oficial que as conversas com Lisca estão encerradas.

"A Chapecoense informa que a negociação com o treinador Lisca está encerrada. O treinador, através de seus empresários, justificou que tem o desejo de iniciar um trabalho desde o princípio e não tem a intenção de assumir nenhum compromisso neste restante de ano", dizia a nota.

O técnico Lisca está sem clube desde que deixou o Ceará após a final do estadual
O técnico Lisca está sem clube desde que deixou o Ceará após a final do estadual
Lisca está sem clube desde o dia 21 de abril, quando foi demitido pelo Ceará após ser derrotado na final do Campeonato Cearense pelo rival Fortaleza. Recentemente, seu nome chegou a ser especulado no São Bento, que contratou Milton Mendes.

APROVEITAMENTO RUIM DO INTERINO
A diretoria da Chapecoense acredita ser necessário a chegada de um treinador mais experiente para livrar o clube do rebaixamento. Principalmente porque o aproveitamento do interino Emerson Cris é de apenas 28,50%.

Com uma vitória em sete jogos sob o comando do interino - além de três empates e três derrotas -, a Chapecoense amarga a penúltima colocação do Brasileirão, com 14 pontos. Primeiro time fora do Z4, o Cruzeiro tem 18.

No sábado, a Chapecoense faz um confronto direto contra o Vasco da Gama, às 19 horas, na Arena Condá, pela última rodada do primeiro turno.