​Ainda sem técnico, Chape busca reação em duelo contra o Vasco

Sem vencer há três rodadas, o time de Chapecó vem de uma sequência de duas derrotas e ocupa a vice-lanterna

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 13 (AFI) - Após não evoluir nas negociações com Lisca, a Chapecoense continuará sob o comando do interino Emerson Cris em mais uma tentativa de buscar a reabilitação no Campeonato Brasileiro. O compromisso da vez é diante do Vasco, em jogo marcado para as 19 horas deste sábado, na Arena Condá, pela 19ª rodada.

Sem vencer há três rodadas, o time de Chapecó vem de uma sequência de duas derrotas e ocupa a vice-lanterna, com 14 pontos. Não há chance alguma de deixar a zona de rebaixamento ao fim da rodada, uma vez que o Cruzeiro, primeiro time fora da degola, tem 18 pontos. O Vasco está logo acima, em 15º lugar, com 20.

Foto: Márcio Cunha/Chapecoense
Foto: Márcio Cunha/Chapecoense
“Quando não os resultados positivos não acontecem, os torcedores se afastam um pouco. Temos que trabalhar, focar no que queremos, nos doar, colocar o coração na ponta da chuteira e buscar o objetivo que é vencer”, afirmou o volante Elicarlos, que deve ser uma das novidades do time.

O jogador de 34 anos ficou fora de combate por dois meses, por causa de uma lesão no tornozelo, mas treinou entre os titulares e deve começar jogando ao lado de Amaral na contenção do meio de campo. Márcio Araújo está suspenso, assim como o zagueiro Gum, que será substituído por Rafael Pereira. O meia Diego Torres deve começar no banco.

A Chape deve ir a campo com Tiepo; Eduardo, Rafael Pereira, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Campanharo e Augusto; Aylon e Everaldo.