Volante vira ponta na Chapecoense e coloca dúvida na cabeça do técnico Emerson Cris

Augusto atuou nessa função no empate por 3 a 3 com o Grêmio e se destacou com boa atuação e uma assistência para o gol de Arthur Gomes

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 07 (AFI) – Desde que assumiu o comando da Chapecoense como técnico interino, Emerson Cris vem fazendo alguns testes com o elenco e descobriu reforços em posições que não esperava.

É o caso do volante Augusto, que já tinha sido improvisado como meia e, na última partida, atuou como ponta e se destacou no empate por 3 a 3 com o Grêmio, em Porto Alegre.

Ele deu assistência para Arthur Gomes marcar o terceiro gols dos catarinenses com uma jogada típica de ponta, arrancando pela lateral e cruzando na medida para o atacante completar para as redes.

O treinador aprovou a nova posição de Augusto e acredita que ele pode brigar por um espaço no time titular tanto como volante quanto como um atacante pelas beiradas do campo.

“Ele tem experiência internacional e jogava muito nesse sistema, nesse modelo. Ele consegue se adaptar, tem muita força. Exploramos, buscamos sempre potencializar o que o atleta tem de melhor. Vai ajustando treino a treino, mas é importante demais para nossa proposta de jogo”, explicou o treinador.

Emerson Cris ainda não confirmou se vai utilizar Augusto nessa posição mais uma vez já na próxima rodada e deve confirmar o time titular nos próximos treinamento.

A Chapecoense enfrenta o Ceará, no próximo sábado, às 17 horas, no Castelão, em Fortaleza, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.