Chapecoense bate a concorrência do Avaí e contrata ex-atacante da Ponte

Ele pertenceu ao Cruzeiro e recentemente estava na Ponte Preta, mas pediu para ser liberado

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 16 (AIF) – A Chapecoense encerrou nesta quinta-feira a novela Renato Kayzer. Depois de uma semana de negociações e especulações, o atacante de 23 anos desembarcou em Chapecó para fazer exames médicos e assinar contrato de empréstimo até o final do Campeonato Brasileiro. Ele pertenceu ao Cruzeiro e recentemente estava na Ponte Preta, mas pediu para ser liberado ao saber das sondagens de clubes da Série A.

Ainda nas categorias de base, Renato Kayzer passou por Santos, Desportivo Brasileiro e Vasco, antes de ganhar uma oportunidade no time profissional em 2015. Ele ainda rodou por Oeste, Portuguesa, Villa Nova-MG, Ferroviária e Tupi-MG. Em 2018 foi negociado com o Cruzeiro e repassado por empréstimo ao Atlético-GO, onde finalmente se destacou.

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Com o clube goiano o atacante fez 33 jogos e sete gols na Série B, chamando a atenção do mercado. Voltou para Minas Gerais com a promessa de ser monitorado de perto pelo técnico Mano Menezes. Chegou a ser titular do Cruzeiro em seis jogos do Campeonato Mineiro, mas não marcou nenhum gol e acabou caindo no conceito do treinador.

Sem espaço, foi emprestado para a Ponte Preta para disputar a Série B. Foi titular nos dois primeiros jogos, mas se demonstrou descontente com o time de Campinas e pediu para ser liberado. Foi sondado por Avaí e Atlético-GO, mas preferiu assinar com a Chapecoense, que vai pagar integralmente seus salários até o final da temporada.

Em Chapecó a contratação de Renato Kayzer é muito bem vista pelo técnico Ney Franco, que recentemente pediu para a diretoria reforçar o setor ofensivo. O clube aguarda a documentação para inscrever o jogador no Boletim Informativo Diário (BID) de olho no jogo contra o Fortaleza no próximo domingo, às 16 horas, pela 5ª rodada.