Com novidades, Claudinei começa montar a Chape para enfrentar o Santos

A principal novidade é o retorno de Márcio Araújo, preservado na derrota para o Bahia por 1 a 0

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 09 (AFI) – A Chapecoense realizou nesta sexta-feira mais um treino visando o duelo decisivo diante do Santos, no Pacaembu. Pela primeira vez durante a semana, o técnico Claudinei Oliveira deu indícios do time que entrará em campo nesta segunda-feira. A principal novidade é o retorno de Márcio Araújo, preservado na derrota para o Bahia por 1 a 0, em Salvador.

O volante treinou ao lado de Amaral, Canteros e Doffo., enquanto Barreto ficou como opção no banco de reservas. Claudinei Oliveira parece querer apostar em um time ofensivo, já que trabalhou com Wellington Paulista e Leandro Pereira entre os titulares.

Por outro lado, o treinador perdeu Yann Rolim para a partida. O jogado passou por exames nesta sexta-feira e foi diagnosticado com lesão muscular de grau 1 na coxa e deve ficar à disposição apenas nas rodadas finais.

A Chapecoense treino com: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Canteros e Doffo; Wellington Paulista e Leandro Pereira.

Fabrício Bruno falou sobre a situação da Chapecoense
Fabrício Bruno falou sobre a situação da Chapecoense
FABRÍCIO BRUNO
Titular contra o Santos, o zagueiro Fabrício falou sobre o momento da Chapecoense na competição. O time catarinense é o vice-lanterna, com 34 pontos, contra 36 do Sport, primeiro time fora do descenso.

“Fizemos um pacto entre os jogadores para tirar a Chapecoense dessa situação. Desde que chego na Primeira Divisão, a Chape não caiu. Não quero ficar marcado na história do clube como um dos jogadores que derrubaram o clube. Pressão sempre tem. E vamos fazer de tudo para não deixar ( a permanência) para a última rodada”, concluiu o defensor.

 
 
" />