Presidente da Chapecoense garante a permanência de Guto Ferreira

O atacante Leandro Pereira também avisou que o elenco não vai jogar a toalha

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 10 (AFI) – A pressão aumentou em cima de Guto Ferreira após a derrota por 2 a 0 para o Flamengo no Maracanã. O presidente Plinio David de Nes Filho teve que aparecer na entrevista coletiva para confirmar a manutenção do treinador, mesmo com a Chapecoense na zona de rebaixamento e a segunda pior campanha do Campeonato Brasileiro. São seis jogos sem vencer, com cinco derrotas e um empate.

“É muito difícil falar nessa hora, pois tudo vem contra. Apenas uma vitória, realmente é difícil. Entendo a imprensa e torcedores, mas eu como presidente do clube, tenho que em primeiro lugar ter racionalidade em decisão. Não posso tomar uma decisão que pode me prejudicar mais ainda na frente Confirmo até quinta-feira a presença dele. Ele é o técnico. Vou conversar com a diretoria para que eles entendam esse momento. Vamos fazer uma análise muito grande”, revelou o presidente.

Presidente da Chapecoense garante a permanência de Guto Ferreira
Presidente da Chapecoense garante a permanência de Guto Ferreira
Plinio David de Nes Filho também avaliou a dura sequência de Guto Ferreira. Desde que assumiu, Guto Ferreira teve uma sequência dura, com São Paulo, Corinthians, Flamengo e Palmeiras, além de Paraná e Vasco, que também brigam contra o rebaixamento: “São os quatro maiores do Brasil e que procuram uma colocação melhor a cada rodada. Qual o nosso ponto fora de curva? Vasco e Paraná. Então temos dois jogos que poderíamos dizer que não conseguimos o que poderia”, completou o presidente.

Após a derrota para o Flamengo, o atacante Leandro Pereira já avisou que o elenco da Chapecoense não vai jogar a toalha: “Como diz ditado, o jogo só termina quando o juiz apita. Em muitos jogos, a situação é incômoda, mas baixar a cabeça é pior. Temos que seguir trabalhando. Todo mundo é homem e pai de família para assumir quando as coisas vão mal ou bem. Não podemos jogar toalha. Ainda temos muitos jogos. Vamos continuar nos empenhando e buscando. A gente luta e trabalha pelo melhor da Chapecoense, honrando a camisa e a instituição. Quem critica ainda vai nos aplaudir”, desabafou.

Com 22 pontos, a Chapecoense é a vice-lanterna da competição, à frente apenas do Paraná, que tem somente 16. O Vasco, primeiro clube fora do rebaixamento, aparece com 24. O próximo jogo é contra o Internacional na Arena Condá, em Chapecó, às 20 horas do dia 17 de setembro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 
 
" />