Libertadores: Torcedor do Nacional-URU que imitou avião em jogo da Chapecoense pede perdão

O jogo de volta entre os times pela segunda fase eliminatória será disputado nesta quarta-feira

por Agência Estado

Chapecó, SC, 06 - Torcedor do Nacional-URU que imitou um avião em jogo contra a Chapecoense, na semana passada, em Chapecó (SC), pela Copa Libertadores, Nicolás Correa pediu desculpas pelo gesto em entrevista à rádio uruguaia Sport 890. O homem também disse o que o levou a tomar a atitude e comentou estar sendo ameaçado de morte após o vídeo viralizar nas redes sociais.

"Quero pedir desculpas ao povo do Brasil, à Chapecoense e ao Nacional, que é minha vida e para quem fiz um mal. Estamos totalmente arrependidos, tanto eu quanto o outro rapaz no vídeo. Tenho um sentimento de arrependimento porque prejudicamos o clube e estamos esperando uma punição", afirmou Nicolás Correa.

Torcedor do Nacional pediu desculpas (Foto: Reprodução/NSC TV)
Torcedor do Nacional pediu desculpas (Foto: Reprodução/NSC TV)
O gesto pode causar sérios problemas ao Nacional-URU, que será julgado pela Conmebol. A Chapecoense pediu a exclusão da equipe uruguaia da competição. Por sua vez, Nicolás Correa foi banido do estádio do time e excluído do quadro de sócios.

Durante a entrevista, Nicolás Correa disse que o clima na Arena Condá estava mais pesado do que quando os dois times se enfrentaram na Libertadores de 2017. Com insultos dos dois lados, o jovem decidiu provocar o time catarinense lembrando do acidente aéreo que vitimou 71 pessoas em 2016, quando o avião que levava a equipe da Chapecoense, comissão técnica, dirigentes e jornalistas para a final da Copa Sul-Americana caiu na Colômbia. O jovem disse ainda que os seus familiares temem por sua segurança.

"Acredito que houve uma condenação social porque se você sai a roubar, matar ou estuprar, não te condenam como a mim. Recebi muitas ameaças", finalizou Nicolás Correa.

O jogo de volta entre Nacional-URU e Chapecoense pela segunda fase eliminatória da Libertadores será disputado nesta quarta-feira, em Montevidéu, às 21h45 (de Brasília). Na ida, a equipe uruguaia venceu por 1 a 0.

 
 
" />