Luto! Ex-assistente de arbitragem da FCF morre do novo coronavírus

Ele ficou internado por 15 dias, mas não conseguiu resistir aos sintomas da doença

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 19 (AFI) - O novo coronavírus segue fazendo inúmeras vítimas pelo Brasil e pelo mundo. Nesta terça-feira, uma delas foi o ex-assistente de arbitragem da Federação Cearense de Futebol, Rudson Aquino.

Rudson, 49 anos, ficou internado por 15 dias, mas não conseguiu resistir aos sintomas da doença e acabou falecendo. Além de assistente de arbitragem, ele também exercia o cargo de policial militar. Ele estava no quadro da FCF e da CBF.

CLUBES LAMENTAM
Vários clubes cearenses, inclusive, o Fortaleza publicou uma homenagem ao ex-assistente, em suas redes sociais, assim como a própria Federação Cearense de Futebol.

Rudson é o segundo da direita para esquerda
Rudson é o segundo da direita para esquerda
PANDEMIA
O Estado do Ceará já teve 26.834 casos confirmados de COVID-19, sendo 1.748 mortes. O Brasil já soma mais de 262 mil casos e 17.509 mortes, até às 17h desta terça-feira.