ESPECIAL: Conheça melhor os oito times que irão disputar a primeira fase do Cearense

Atlético Cearense, Barbalha, Ferroviário, Floresta, Guarani de Juazeiro, Guarany de Sobra, Iguatu e Horizonte disputam seis vagas

por Lucas Badan

Fortaleza, CE, 04 (AFI) – Sem dúvidas, o Campeonato Cearense será um dos torneios estaduais mais disputados e acompanhados nesse inicio de 2019. Isso por que, após anos, o estado volta a viver um de seus melhores momentos no futebol brasileiro, com o Ceará e Fortaleza na Série A do Campeonato Brasileiro e com o Ferroviário voltando a ser a terceira força do estado - é o atual campeão da Série D.

Nessa primeira fase, Ceará e Fortaleza não irão participar e terão mais tempo para se preparar para a temporada, isso por que, ambos já estão classificados para a próxima etapa do estadual, graças a terem sido campeões e vice, respectivamente, na temporada passada.

Até por conta disso, Atlético Cearense, Barbalha, Ferroviário, Floresta, Guarani de Juazeiro, Guarany de Sobra, Iguatu e Horizonte se enfrentam em turno único, onde os seis primeiros estarão classificados para a segunda fase e os dois últimos rebaixados para a segunda divisão estadual.

Outro atrativo dessa primeira fase é que o time que se classificar com a primeira colocação, garante uma vaga na Copa do Brasil de 2020. Por isso, o Portal Futebol Interior preparou para os seus internautas, um especial sobre a preparação desses oito times que irão participar dessa primeira fase do Campeonato Cearense.

Assim como nos anos 90, Ferroviário desponta mais uma vez como terceira força do estado (Foto: Ronaldo Oliveira)
Assim como nos anos 90, Ferroviário desponta mais uma vez como terceira força do estado (Foto: Ronaldo Oliveira)

CONFIRA UM BREVE RESUMO SOBRE A PREPARAÇÃO DE CADA TIME:
ATLÉTICO CEARENSE
O ano de 2019 promete ser de muito trabalho para o Atlético Cearense, isso por que além do Campeonato Cearense, a equipe ainda irá disputar mais três competições – entre elas a Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro. Nesse estadual, após deixar o nome de ‘Uniclinic’ para trás, a equipe será comandada mais uma vez pelo técnico Luan Carlos, que retorna ao time após se aventurar no futebol goiano no segundo semestre, onde levou o CRAC ao título.

Nesse estadual, o comandante e a cúpula do Atlético Cearense resolveram apostar na juventude e também trouxeram alguns jogadores das divisões de acesso do futebol goiano, como o meia Zizy e o goleiro Artur, que também retorna ao clube. Além disso, para dar experiência a equipe também foi contratado alguns atletas rodados como o atacante Rômulo, ex- Ponte Preta e o meia-atacante Ronda, figurinha carimbada do futebol cearense.

Até por conta disso, o time base da Atlético Cearense deve ser o seguinte nesse inicio de estadual: Artur; Ronaldo, Tairone, Anderson Sobral e Alex Barros; Daniel, Fábio Leite, Zizu e Danielzinho; Dudu Itapajé e Rômulo.

Antigo Uniclinic, Atlético Cearense espera mostrar a sua força em 2019 (Foto: Kely Pereira)
Antigo Uniclinic, Atlético Cearense espera mostrar a sua força em 2019 (Foto: Kely Pereira)

BARBALHA
Após conquistar o título da segunda divisão do Campeonato Cearense em 2018, o Barbalha irá jogar a elite estadual pela primeira vez em sua história. Para não fazer feio nesse ano como debutante, a equipe irá mesclar a experiência de seu técnico Washigton Luiz com muitos jovens jogadores. O comandante levou a Raposa do Cariri ao acesso na temporada passada e também tem no currículo o título da Copa Feres Lopes de 2013. Além de ter sido eleito o melhor técnico do estadual em 2017, quando comandava o Guarani de Juazeiro.

A base da equipe será a mesma que foi campeã da Série B e conta com algumas novidades, como o goleiro Léo, ex-Ferroviário, o meia Netinho que retorna ao clube, o atacante Moré que estava no Icasa e o zagueiro Luiz Gustavo do Guarani de Juazeiro. A equipe atua no Estádio Lírio Callou, o Inaldão, que está passando por reformas para atender aos padrões da primeira divisão.

FERROVIÁRIO
Se o ano de 2019 for tão bom para o Ferroviário como foi 2018, ele será praticamente perfeito. Isso por que na temporada passada, o Ferrão se recolocou como terceira força do estado ao conquistar o título da Série D do Campeonato Brasileiro e também da Taça Fares Lopes, torneio organizado pela Federação Cearense de Futebol no segundo semestre. Além de chegar a quarta fase da Copa do Brasil, eliminando as fortes equipes de Sport e Vila Nova.

Até por conta desse bom desempenho, a diretoria optou por manter boa parte do elenco do ano passado e tem 19 atletas remanescentes que novamente serão comandados por Marcelo Vilar, perdendo apenas o meia-atacante Esquerdinha, o lateral-esquerdo Sávio e o atacante Luiz Soares. Nessa temporada, a equipe irá usar o Estádio Elzir Cabrel, onde foi investido em melhorias que vão desde o gramado até nos alojamentos e refeitório.

Conheça melhor os oito times que irão disputar a primeira fase do Cearense
Conheça melhor os oito times que irão disputar a primeira fase do Cearense

FLORESTA
Sem dúvida, o Floresta é um dos clubes-empresas mais organizados e de expressão do futebol brasileiro, tanto que é dono de um Centro de Treinamento de fazer inveja para muito clube grande. Até por conta desse bom investimento, o ano de 2018 foi muito bom para a equipe que chegou às semifinais e garantiu vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. A meta da equipe que será comandada por Paulinho Kobayashi nesse ano é pelo menos manter ou melhoras a performance da temporada passada.

No elenco, a equipe irá contar com o experiente atacante Magno Alves, de 42 anos, ao lado de muitos jovens do elenco, como por exemplo Claudio Caça-Rato, Iago Barbosa e Paulo Vyctor que já foram titulares na temporada passada. Além do meia Wallace, que foi emprestado para o Fortaleza durante a conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro e retorna para ajudar a equipe em 2019.

Até por conta disso, a tendência é que a equipe base do Floresta seja formada por Carlão; Levy, Ranieri, Cláudio Caça-Rato e Zé Carlos; Marconi, Iago Barbosa e Wallace; Paulo Vyctor, Magno Alves e Tavares.

GUARANI DE JUAZEIRO
Renovação é o lema do Guarani de Juazeiro para a disputa do Campeonato Cearense de 2019. Com um elenco completamente diferente do da temporada passada, o time terá como equipe base, 13 jogadores campeões da terceira divisão estadual pelo Campo Grande, time rival da cidade de Juazeiro. Além deles, foram encorpados alguns atletas da base e contratados alguns jogadores experientes, como: o goleiro Diego, de 36 anos, que estava atuando no Caucaia, o volante ex-Pacajus Peter de 2 anos e o meia-atacante Da Silva, do Murici.

A equipe será comandada pelo técnico João Severo, que também fez parte do elenco do Campo Grande que foi campeão da terceira divisão estadual. O treinador ainda aguarda mais três reforços experientes para fechar o elenco. A ideia dele é atuar no estadual com algumas variações táticas de 4-4-2 e 3-5-2, assim como está acontecendo nos treinamentos de pré-temporada.

GUARANY DE SOBRAL
O foco do Guarany de Sobral é voltar a viver anos de glorias para quem sabe se classificar pela primeira vez em sua história para a Copa do Brasil, além de fazer um bom desempenho no estadual na briga pelo título do Campeonato Cearense. Nessa temporada, a equipe irá ser comandada pelo técnico Anderson Batatais, que usou esses últimos dias de pré-temporada para melhorar o condicionamento físico da equipe focado no duelo de estreia.

Entre os jogadores mais experientes do elenco estão os recém contratados: atacante Waldison, que já vestiu a camisa do Fortaleza e estava atuando no Adana Demirspor-TUR, o meia Alan Fabrício, que foi revelado pelas categorias da base do Ceará e o goleiro Dida, ex-Tucaruí-PA. Mesclando experiência com juventude, a equipe quer fazer um bonito papel em 2019.

IGUATU
Com uma folha de pagamento que gira em torno de R$ 100 mil reais mensais, o Iguatu irá mesclar a base da equipe que disputou a Taça Fares Lopes de 2018 com alguns outros jogadores que foram contratados. Nesse ano, assim como nas últimas quatro temporadas, a equipe será comandada por Roberto Carlos, que tem bastante experiência no futebol cearense.

A média de idade do elenco é de 25 anos. Com destaques para o atacante Diego Neves, o goleiro Fábio Lima e os veteranos Michel, Elanardo e Canga. O objetivo principal da equipe é se classificar para a Copa do Brasil de 2020 e por isso irá precisar fazer uma boa primeira fase.

Atlético Cearense, Barbalha, Ferroviário, Floresta, Guarani de Juazeiro, Guarany de Sobra, Iguatu e Horizonte disputam seis vagas
Atlético Cearense, Barbalha, Ferroviário, Floresta, Guarani de Juazeiro, Guarany de Sobra, Iguatu e Horizonte disputam seis vagas

HORIZONTE
Diferente dos outros sete times, o Horizonte irá manter os pés no chão é o primeiro objetivo em 2019 será evitar o rebaixamento para depois pensar em alçar voos maiores. Nessa temporada, o elenco irá ter jogadores experientes, caso de: o goleiro Diego Almeida e o volante Matheus Lira, ambos da base do Ceará, além do zagueiro Marciano, de 29 anos, que estava no Pacajus, com jovens.

Com boas atuações nos comandos técnicos de Ferroviário, Uniclinic, Floresta e União nos últimos anos, a equipe será treinada pelo técnico catarinense Gilmar Silva e apesar de focar em evitar o rebaixamento, ele promete que a equipe terá um espírito vitorioso para avançar para às fases seguintes do estadual.

 
 
" />