CEARENSE: Ceará vence de novo e Ceni perde sua primeira final com Fortaleza

O Vozão foi melhor nos dois jogos e conquistou o bicampeonato estadual

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 08 (AFI) – O Ceará bicampeão do Campeonato Cearense. O Vozão conquistou a taça pelo segundo ano consecutivo ao derrotar o Fortaleza, do técnico Rogério Ceni, pelo placar de 2 a 1, em partida realizada na tarde deste domingo, na Arena Castelão. No jogo de ida, o Alvinegro já havia vencido pelo mesmo placar.

A derrota liga o sinal de alerta do Fortaleza em cima do técnico Rogério Ceni. Antes tratado como ídolo, o treinador já vem sendo questionado e deve se reunir com a diretoria nos próximos dias para definir se continua no comando para a Série B.

O Ceará fez uma bela campanha rumo ao título. O Vozão ficou em segundo na Primeira Fase, segurou a liderança no Hexagonal e eliminou o Uniclinic na semifinal, até ser campeão. O Vozão fatura o seu 46º título estadual, contra 41 do seu rival.

O lado ruim do clássico ficou por conta do zagueiro Ligger, que entrou numa dividida no alto, caiu, e acabou tendo uma concussão cerebral. O técnico Marcelo Chamusca, por sua vez, teve queda de pressão no primeiro tempo e só foi voltar na etapa final.

CENI PRESSIONADO!
O que poderia ser um sonho virou um pesadelo para o técnico Rogério Ceni. O treinador foi o principal alvo da torcida na derrota para o Ceará com gritos de ‘burro’.Tudo começou com um primeiro tempo apático, em que esperava um Tricolor ligado, querendo reverter o resultado do jogo de ida. Mas o Vozão foi quem mandou.

Ceará é campeão em cima do Fortaleza - Pedro Chaves/Federação Cearense de Futeb
Ceará é campeão em cima do Fortaleza

O Ceará aumentou a pressão em cima do Fortaleza logo aos 18 minutos. Pio pegou o rebote de fora da área e acertou um bonito chute para abrir o placar. Após o gol, o Vozão tirou o pé do acelerador e começou a administrar a vantagem. No entanto, o Fortaleza cresceu e criou a melhor oportunidade dos primeiros 45 minutos.

Pio fez falta em Osvaldo e o árbitro assinalou pênalti. Bruno Melo foi para a cobrança e chutou na trave. O mesmo Bruno Melo chegou a balançar as redes antes do apito final, mas o lance acabou sendo anulado. O jogador estava em posição irregular.

SÓ SEGUROU...
No segundo tempo, a torcida do Fortaleza voltou a apoiar o time, que saiu com tudo em busca do gol. Em cobrança de Alan Mineiro, Éverson salvou.O Tricolor apostou na blitz, enquanto o Ceará buscava encaixar um contra-ataque para liquidar a fatura.

Na base da calma, o Ceará marcou o segundo. Aos 39 minutos, Arthur puxou o ataque e tocou para Felipe Azevedo, que chutou para o fundo das redes. O gol foi um balde de água fria para o Fortaleza, que viu tudo ir abaixo. Osvaldo ainda tentou, mas Éverson defendeu.

No entanto, O Fortaleza fez o gol de honra aos 45 minutos. Após cobrança de escanteio, Adalberto marcou, mas nada que pudesse alterar o resultado.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
08/04/2018
Horário
16h00
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Rodolpho Toski (PR)

Renda
R$ 990.904,00
Assistentes
Ivan Bohn (PR) e Eduardo Cruz (MS)

Público
39.920 pagantes
Cartões Amarelos
Fortaleza: Diego Jussani, Adalberto, Felipe, Derley
Ceará: Pio, Rafael Carioca, Felipe Azevedo

Gols
Fortaleza: Adalberto 45' 2T
Ceará: Pio 18' 1T, Felipe Azevedo 39' 2T
Fortaleza
Matheus Inácio;
Diego Jusani, Adalberto e Lígger (Jean Patrick);
Tinga (Edinho), Pablo (Alan Mineiro), Derley, Felipe e Bruno Melo;
Gustavo Henrique e Osvaldo
Técnico: Rogério Ceni
Ceará
Éverson;
Pio, Valdo (Rafael Pereira), Luís Otávio e Romário;
Raul, Juninho e Ricardinho;
Wesley, Arthur e Felipe Azevedo (Rafael Carioca).
Técnico: Marcelo Chamusca