Advogado do Ceará garante que clube não será punido em 'Caso Ernandes'

De acordo com repórter Pedro Orioli, da Rádio Central, de Campinas, Ernandes vem atuando nos últimos anos com a idade alterada

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 03 (AFI) - A notícia que caiu como uma bomba na Série B sobre a suposta irregularidade do lateral-esquerdo Ernandes, do Goiás, pode respingar no Brasileirão. Isso porque o jogador defendeu o Ceará em uma partida do campeonato antes de se transferir ao Verdão do Centro-Oeste. Nesse caso, o Vozão também poderia ser punido.
De acordo com repórter Pedro Orioli, da Rádio Central, de Campinas, Ernandes vem atuando nos últimos anos com a idade alterada. No Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a data de nascimento do lateral é 11 de novembro de 1987. No entanto, na certidão de nascimento registrada em cartório, o jogador nasceu no dia 11 de novembro de 1985.
Advogado do Ceará garante que clube não será punido em 'Caso Ernandes'
Advogado do Ceará garante que clube não será punido em 'Caso Ernandes'
Como Ernandes defendeu o Ceará em uma partida do Brasileirão - derrota por 2 a 0 para o Santos, na primeira rodada , o clube cearense poderia ser punido com a perda de pontos. O diretor de assuntos jurídicos do Vozão, Jamilson Veras, tranquilizou a torcida e disse que nesse caso só o jogador seria culpado.
"Não temos nenhuma defesa porque trata-se apenas de uma matéria baseada numa especulação. Mas, caso o jogador esteja mesmo irregular, nem Goiás nem Ceará podem ser punidos. O CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) pede punição ao atleta em caso de falsificação de documentos", afirmou Veras.

Mas, caso fosse punido com a perda de três pontos, o Ceará seria rebaixado para a Série B do Brasileiro. O Vozão terminou o campeonato na 15ª colocação, com 44 pontos, dois a mais que o Sport, primeiro da zona de rebaixamento.

 
 
" />