Com empate do Sport, Ceará está matematicamente livre do rebaixamento

Apesar do resultado em São Paulo, a permanência do Ceará na primeira divisão saiu em Curitiba

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 27 (AFI) – Acabou o drama do Ceará. Graças ao empate do Sport em 0 a 0 com o São Paulo no Morumbi, o time cearense confirmou matematicamente a permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro com uma rodada de antecedência. Mas o objetivo agora é outro: contra o Vasco, no domingo, às 17 horas, o técnico Lisca quer buscar a vitória dentro do Castelão para confirmar a vaga na Sul-Americana da próxima temporada.

Apesar do resultado em São Paulo, a permanência do Ceará na primeira divisão saiu em Curitiba. Com gols de Leandro Carvalho e Wescley, o time empatou com o Atlético-PR na Arena da Baixada, por 2 a 2, e chegou a 43 pontos, na 13ª posição. Quando chegou, em junho, Lisca pegou o clube na lanterna da competição, com seis derrotas e apenas três empates. Estreou na 10ª rodada com um empate por 0 a 0 com o Botafogo no Nilton Santos.

Depois que assumiu, Lisca conseguiu devolver a esperança para a torcida, que voltou a comparecer no Castelão. Cinco meses depois, o treinador chega à última rodada do Campeonato Brasileiro livre do rebaixamento, com 10 vitórias, 10 empates e apenas oito derrotas. Com ele, são quarenta pontos somados, quase 48% de aproveitamento e um dos melhores visitantes de toda a competição.

Com empate do Sport, Ceará está matematicamente livre do rebaixamento
Com empate do Sport, Ceará está matematicamente livre do rebaixamento
Mesmo com um confronto difícil contra o Vasco dentro de casa, o Ceará garantiu a permanência graças ao confronto direto entre Fluminense e América-MG no Maracanã. Primeiro da zona de rebaixamento, o time mineiro tem 40 pontos, contra 42 dos cariocas. Sport, com 39, Chapecoense, com 41 e Vasco com 42 fecham a lista de ameaçados.

Com a manutenção na primeira divisão, o Ceará confirma um dos maiores clássicos do nordeste para 2019. Campeão da Série B, o Fortaleza vai reencontrar seu maior rival na primeira divisão do futebol nacional. O Clássico-Rei vai ser uma das grandes atrações da próxima temporada e quem ganha é o futebol cearense, com dois representantes na elite, ultrapassando o estado da Bahia (Vitória já está rebaixado) e de Pernambuco (atualmente tem apenas o Sport).

 
 
" />