Ceará terá torcida única no PV para jogo decisivo contra o Atlético-PR

O confronto direto contra a zona de rebaixamento está marcado para este sábado, às 16 horas

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 10 (AFI) – O Ceará ganhou um apoio extra para o jogo decisivo com o Atlético-PR em Fortaleza. O clube paranaense não solicitou, dentro do prazo de 72 horas antes do jogo, a carga de ingressos que seria disponibilizada para os visitantes e, por isso, não contará com o apoio dos seus torcedores nas arquibancadas do Presidente Vargas. O confronto direto contra a zona de rebaixamento está marcado para este sábado, às 16 horas, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, com 'torcida única'.

Por isso o Ceará terá o ‘caldeirão inteiro’ a sua disposição e deve lotar mais uma vez o estádio, como já vem sendo costume nos jogos do clube. Sem torcida visitante, a arquibancada amarela, normalmente destinada aos visitantes, está sendo comercializada para torcedores do clube cearense, que já informou que não será permitida a entrada de torcedores identificados com apetrechos (camisa, bandeira, cores) do Atlético-PR.

Só dois setores do estádio estão comercializando ingressos. O setor laranja extra e o setor amarelo custam R$ 50 inteira e R$ 25 meia. Já a arquibancada Laranja e Azul são exclusivas para Sócios Torcedores. Nos últimos três jogos, todos pós-Copa do Mundo, o Ceará teve uma média de 14.855 torcedores por jogo dentro do Presidente Vargas. Além disso, neste mesmo período, não perdeu como mandante, com duas vitórias e um empate.

Ceará terá torcida única no PV para jogo decisivo contra o Atlético-PR
Ceará terá torcida única no PV para jogo decisivo contra o Atlético-PR

Do outro lado, a torcida do Atlético-PR não gostou dessa história de não poder apoiar o time do coração em Fortaleza. Nos bastidores, a medida do clube paranaense faz parte de um acordo com os demais times do Campeonato Brasileiro. Por determinação do Ministério Público a Arena da Baixada, em Curitiba, não pode receber torcedores visitantes quando for mandante – o que vai acontecer no segundo turno – e por isso o clube abre mão da carga de ingressos no Presidente Vargas.

Nas redes sociais, a Torcida Os Fanáticos, uma das maiores organizadas do Atlético-PR, se pronunciou sobre o caso: “Não conseguimos entender como o Atlético quer ser nacional tomando atitudes sem sentido e hipócrita de não permitir nossos torcedores que estão em Curitiba e espalhados por todo o Brasil de vestir a camisa do clube de maior torcida do Estado do Paraná e torcer pelo Furacão com segurança. Apenas para registrar a todos, 15 integrantes da ‘Torcida os Fanáticos’ estão com passagens compradas para Fortaleza e este, certamente, será o jogo mais perigoso para ir”, diz um trecho.

Espaço incorporado por HTML (embed)

 
 
" />