Federação comunica paralisação de Estadual após surto da COVID-19

Estado de Santa Catarina vive situação crítica, assim como outras demais regiões do Brasil

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 03 (AFI) – O Campeonato Catarinense está paralisado por pelo menos 15 dias, anunciou a Federação Catarinense de Futebol no início da noite desta quarta-feira, após o momento crítico de várias regiões do Estado devido à pandemia da COVID-19 (novo coronavírus).

Nos últimos dias alguns jogos haviam sido adiados, mas nesta quarta outras cidades, como Chapecó, Criciúma e Tubarão comunicaram que estariam proibidas de receber confrontos devido ao aumento dos casos e principalmente de mortes de pacientes nos hospitais das cidades.

Estadual ficará paralisado por 15 dias
Estadual ficará paralisado por 15 dias
Por isso, o Estadual estará paralisado a partir desta quinta-feira, sendo mantido o confronto entre Avaí e Figueirense nesta quarta-feira, às 20h30, na Ressacada, na capital Florianópolis.

A intenção da Federação Catarinense é de realizar uma reunião nesta sexta-feira com todos os clubes para discutir o andamento da competição após a paralisação.

Nesta terça-feira, a taxa de ocupação de UTI destinada a pessoas adultas em Santa Catarina passou dos 99%. Sem leitos, o estado iniciou a transferência de pacientes para o Espírito Santo.

Confira a nota da Federação Catarinense de Futebol:

O Campeonato Catarinense da Série A está suspenso para as próximas rodadas. A decisão foi tomada em reunião de diretoria na sede da Federação Catarinense de Futebol (FCF) na tarde desta quarta-feira (03/03).

A suspensão veio a partir de decretos municipais impedindo a realização de jogos em suas respectivas cidades, atingindo metade dos clubes participantes.

Na sexta-feira (05/03), às 16 horas, será feito um Conselho Técnico extraordinário com todos os clubes para discutir o restante da competição.