Catarinense: Com novo presidente, Próspera quer ser clube-formador e chegar à elite

Desde janeiro, o clube possui como presidente o advogado Israel Rocha Alves, de apenas 38 anos

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 11 (AFI) - Se dentro de campo a bola não está rolando, fora dele os projetos do Próspera, time da segunda divisão do Campeonato Catarinense, seguem em alta velocidade. Desde janeiro, o clube possui como presidente Israel Rocha Alves, de apenas 38 anos. Advogado, ele possui escritório há mais de dez anos e colocará essa experiência de gestão em sua primeira passagem pelo futebol. Com planos audaciosos, ele quer reformar o estádio e colocar o time na elite estadual.

Israel Rocha Alves, de apenas 38 anos
Israel Rocha Alves, de apenas 38 anos

O planejamento a curto prazo foi prejudicado por conta da paralisação do futebol devido à pandemia do novo coronavírus.

CONTRATAÇÕES

Segundo Israel, a indefinição do retorno atrapalha na hora de contratar. A ideia para a Série B do Campeonato Catarinense é usar a categoria sub-20, mas reforçar em setores chave com nomes mais experientes.

INVESTIMENTOS

Sobre investimento, colocou o sócio-torcedor, patrocínio, bilheterias e placas de publicidade como fatores-chave, além de buscar profissionalizar as redes sociais do Próspera.

CATEGORIAS DE BASE

Outra fonte importante de receita, a longo prazo, será a categoria de base. O Próspera será formador de jogadores e até por isso utilizará a base em 2020.

PLANOS EM AÇÃO

Além dos planos do clube, o novo presidente já colocou em práticas algumas coisas. O estádio, por exemplo, recebeu pintura e o gramado está sendo cuidado. Foi colocado também à venda, seguindo o modelo de grandes clubes, kits de máscara de proteção ao coronavírus.

Israel prometeu surpreender com os projetos, que visam trazer investimentos, montar um time competitivo e garantir o acesso à elite.