SÉRIE C CATARINENSE: Ex-jogador famoso leva time tradicional à final

Decisão será entre o Próspera e o Atlético Itajaí que eliminaram nas semifinais Caçador e Carlos Renaux, respectivamente

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 21 (AFI) - O Campeonato Catarinense da Série C (equivalente a A3 em São Paulo) conheceu nesse final de semana os dois times que irão brigar pelo título e pelo acesso para a Série B de 2019. A final será entre o tradicional Próspera e o Atlético Itajaí que eliminaram nas semifinais Caçador e Carlos Renaux, respectivamente.

PRÓSPERA DE VOLTA APÓS VÁRIOS ANOS
No sábado, jogando em Caçador, o Caçador venceu o Próspera por 1 a 0 e como no jogo de ida, em Criciúma, o Próspera havia vencido por 2 a 1, a vaga foi decidida na prorrogação com o Próspera vencendo por 1 a 0, gol decisivo marcado por Matheus Paiva.

O Próspera é da cidade de Criciúma e uma equipe popular e tradicional no futebol de Santa Catarina. Após vários anos inativo voltou esse ano ao futebol profissional tendo o ex-craque Paulo Baier como seu treinador.

ATLÉTICO ITAJAÍ CONQUISTA VAGA POR MELHOR CAMPANHA NA PRIMEIRA FASE
No domingo, jogando em Camboriú, o Atlético Itajaí empatou em 1 a 1 com o Carlos Renaux e ficou com a vaga. No jogo de ida, disputado em Brusque, a partida também terminou empatada em 0 a 0. Um novo empate em 0 a 0 aconteceu na prorrogação e, com uma campanha melhor na primeira fase, a vaga ficou com o Atlético Itajaí.

SÉRIE C CATARINENSE: Paulo Baier leva Próspera à final (Foto: Polidoro Junior)
SÉRIE C CATARINENSE: Paulo Baier leva Próspera à final (Foto: Polidoro Junior)

O Atlético Itajaí foi fundado em 2016 e tem como treinador Rony Aguilar, que esse ano já havia dirigido o Almirante Barroso e que também já trabalhou em outras equipes de Santa Catarina e no Mato Grosso do Sul.

CAMPEONATO COM OITO EQUIPES E DOIS MESES DE DURAÇÃO
O Campeonato Catarinense da Série C começou em dois de setembro e vem sendo disputado por oito equipes com apenas o campeão conquistando o acesso para a Série B em 2019, entrando na vaga do Operário Mafra, que foi rebaixado esse ano.

Próspera e Atlético Itajaí decidirão o título em dois jogos, um em cada final de semana, sendo o primeiro jogo em Criciúma e a partida decisiva em Itajaí ou Camboriú, mas com o mando do Atlético