TJD-RJ mantém jogos de Fluminense e Botafogo; dupla irá recorrer ao STJD

Além disso, o Botafogo será obrigado a ceder o Estádio Nilton Santos sob pena de multa de R$ 100 mil.

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 18 (AFI) - Contrários a volta do Campeonato Carioca neste momento, Botafogo e Fluminense perderam outra luta. Depois de a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) confirmar o retorno do estadual, a dupla recorreu Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), mas sem sucesso.

Botafogo e Fluminense pediram para que seus dois jogos, marcados para 22 e 25 de junho, fossem remarcados para 1º e 4 de julho, mas o presidente do tribunal, Marcelo Jucá, negou, apesar de 'lamentar pessoalmente' a decisão.

Além disso, o Botafogo será obrigado a ceder o Estádio Nilton Santos sob pena de multa de R$ 100 mil. Os dois clubes vão recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O Botafogo está no Grupo A e a partida diante da Cabofriense está marcada para segunda-feira, às 17h30, no Nilton Santos. O Fluminense, do Grupo B, joga mais tarde, às 20h, no Maracanã, diante do Volta Redonda. Caso não entrem em campo, a dupla pode ser penalizada com multa e rebaixamento, conforme regulamento do Campeonato Carioca.

CONFIRA A DECISÃO NA ÍNTEGRA

"Os fundamentos jurídicos lançados pelos clubes requerentes são absolutamente razoáveis, mas se postos em uma balança conjuntamente com a soberana vontade da maioria, não podem pesar mais.

Lamento pessoalmente não flexibilização das datas, pois quem mais sofrerá com isso é a competição, contudo, por outro lado, seria absolutamente leviano entender que a vontade expressa por 14 (quatorze) clubes deve ser posta de lado em razão de outros dois.

No que se refere ao pedido da Procuradoria, assiste razão ao que se refere a necessidade de disponibilização da Arena pelo Botafogo de Futebol e Regatas, razão pela qual, o pleito deve ser deferido.

Por tudo o que foi exposto, DEFIRO O PEDIDO DA PROCURADORIA DE JUSTIÇA DESPORTIVA, no sentido de que o Botafogo seja compelido a disponibilizar o Estádio Nilton Santos para a partida lá mencionada, sob pena de multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais), devendo cumpriu o Regulamento Geral das Competições e, por ora, INDEFIRO os pedidos de Fluminense e Botafogo, devendo a FERJ se manifestar sobre o que alegam e após, voltem conclusos para reanálise".