Carioca: Saiba quais técnicos lutam pelo título e quais não querem cair

Organizada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), a competição tem cobertura pelo Portal Futebol Interior

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 17 (AFI) - O Campeonato Carioca de 2020, pasmem (ou não) começou oficialmente ainda em dezembro do ano passado, quando teve início a disputa da Seletiva. Após cinco rodadas, Portuguesa e Macaé avançaram à fase principal e lutarão pelo título. Americano, Nova Iguaçu, America e Friburguense, por outro lado, brigarão contra o rebaixamento.

A partir deste sábado, o quarteto encara o Grupo X, no qual apenas o líder se safa da queda e se garante na Seletiva de 2021. Os outros três, por outro lado, duelarão pelo Grupo Z, em que o lanterna estará rebaixado para o Carioca B1 de 2020, enquanto os dois primeiros também carimbam um lugar na Seletiva de 2021.

Alberto Valentim
Alberto Valentim
Paralelamente a isso, outros 12 clubes querem o título estadual. Como já é tradição, serão dois turnos, Taça Guanabara e Taça Rio. Os campeões de cada um deles se enfrentam na decisão. Caso um time conquiste ambos, será declarado vencedor sem decisão - a não ser que uma equipe tenha campanha geral superior. Nesse cenário, haverá um confronto final.

E O TREINADORES?
Pensando nisso, o Portal Futebol Interior traz ao leitor quais são os 16 treinadores do Cariocão - 12 focados no título e quatro querendo evitar a queda. Entre os nomes, destaque para o experiente Paulo Bonamigo, que já dirigiu equipes grandes, como Botafogo, Atlético-MG e Palmeiras, e estará à frente do Boavista.

Álvaro Gaia
Álvaro Gaia
Entre os medalhões, claro, vale citar Abel Braga. Após dirigir Flamengo e Cruzeiro na última temporada, 'Abelão', campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes com o Inter e brasileiro com o Fluminense, tenta retomar a carreira no Vasco da Gama.

Botafogo e Fluminense, por outro lado, apostam em técnicos da chamada 'nova geração'. A Estrela Solitária segue com Alberto Valnetim, ex-Vasco e Avaí, enquanto o Tricolor das Laranjeiras contratou Odair Hellmann, ex-Inter.

Em litígio com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) e com o Grupo Globo, que tem os direitos de transmissão do Campeonato Carioca, o Flamengo, ao menos em um primeiro momento, usará um plantel alternativo. Assim, o português Jorge Jesus verá Maurício Souza sentado no banco de reservas.

Eduardo Àllax
Eduardo Àllax
Entre os pequenos, Eduardo Àllax também chama a atenção. Ele trocou o Boavista, onde permaneceu entre 2017 e 2019, acumulando 27 vitórias e 11 empates em 57 jogos, pelo Bangu, que tenta manter o embalo de 2019, quando foi semifinalista.

Álvaro Gaia, comandante que mais treinou o Independente e com passagens por Taubaté, Velo Clube e Mogi Mirim, e Josué Teixeira, ex-Remo, Cuiabá e ABC, são os nomes mais conhecidos entre os que lutarão contra o rebaixamento.

CONFIRA OS TÉCNICOS QUE LUTAM PELO TÍTULO
Bangu - Eduardo Àllax

Boavista - Paulo Bonamigo

Botafogo - Alberto Valentim

Cabofriense - Alfredo Sampaio

Flamengo - Maurício Souza

Fluminense - Odair Hellmann

Macaé -Mário Júnior

Madureira - Toninho Andrade

Portuguesa - Rogério Corrêa

Resende - Edson Souza

Vasco da Gama - Abel Braga

Volta Redonda - Luizinho Vieira

SAIBA QUAIS SÃO OS TREINADOR QUE QUEREM EVITAR REBAIXAMENTO
America - Álvaro Gaia

Americano - Josué Teixeira

Friburguense - Cadão

Nova Iguaçu - Hermes Júnior