Carioca: Goytacaz demite o técnico Athirson após duas derrotas em três jogos

Como a Seletiva do estadual tem apenas cinco rodadas, a sequência de resultados praticamente tirou o Goytacaz da briga

por Agência Futebol Interior

Campos dos Goytacazes, RJ, 07 (AFI) - A dança das cadeiras da temporada de 2019 começou oficialmente nesta segunda-feira: após duas derrotas em três jogos, Athirson não é mais técnico do Goytacaz. Lanterna na primeira fase do Campeonato Carioca, o treinador deixa o clube com apenas um ponto no Grupo A, distante da zona de classificação para a Taça Guanabara. Com 41 anos, ele foi ídolo do Flamengo no início dos anos 2000, mas não conseguiu repetir o sucesso fora dos gramados.

Goytacaz demite o técnico Athirson após duas derrotas em três jogos
Goytacaz demite o técnico Athirson após duas derrotas em três jogos
Como a Seletiva do estadual tem apenas cinco rodadas, a sequência de resultados praticamente tirou o Goytacaz da briga pela classificação. O único ponto conquistado foi no empate por 1 a 1 contra o rival Americano dentro do Ary de Oliveira, mas o clube já vinha de derrota para o Nova Iguaçu por 2 a 1 na estreia, fora de casa. A gota d’água foi no último domingo, com o revés para o Resende por 1 a 0, também como visitante.

De acordo com o presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes, um novo treinador vai ser apresentado ainda nesta segunda-feira, às 16 horas. Já nesta quinta-feira, às 20 horas, o Goytacaz tem compromisso contra o América no Ary de Oliveira e na última rodada, domingo, pega o Macaé no Moacyrzão. Com um ponto, o clube está praticamente eliminado e vai ter que decidir a permanência na primeira divisão no Grupo X.

Athirson era uma ‘incógnita’ desde o início da Seletiva do Campeonato Carioca, ainda em dezembro. Apesar do sucesso como ex-jogador, ídolo do Flamengo, com passagem por Cruzeiro, Botafogo e Portuguesa, o ex-lateral esquerdo não conseguiu repetir o sucesso como treinador. Desde o início da nova carreira, seu melhor trabalho tinha sido no São Cristóvão, em 2015, com cinco vitórias em 12 jogos. Já tinha trabalhou no Flamengo-PI e Alecrim-RN.

 
 
" />