CARIOCA: Invencibilidade do Flu na Taça Rio é posta à prova em clássico com Vasco

Com 100% de aproveitamento no segundo turno, equipe de Abel Braga ainda luta contra desconfiança da torcida

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 06 (AFI) - Os clássicos cariocas em 2018 tem sido eletrizantes e está é a promessa para o encontro entre Vasco e Fluminense nesta quarta. Enquanto o Gigante da Colina tem como principal objetivo a Copa Libertadores, o Tricolor luta para recuperar seu prestígio junto a torcida, em meio a reconstrução de uma equipe que perdeu seus principais atletas. Dividindo a liderança do Grupo B com a equipe de Zé Ricardo, o Flamengo não deve ter moleza diante do Boa Vista.

No momento, Vasco e Flamengo lideram o Grupo A empatados com 6 pontos, porém, o Cruz-maltino leva vantagem nos critérios de desempate por ter marcado mais gols (6 contra 5) e por isso aparece na 1ª posição. No Grupo B, o Fluminense domina soberano com 9 pontos, seguido da Portuguesa, que contabiliza 7. CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA AQUI!

Zé Ricardo teceu elogias à Abel Braga (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)
Zé Ricardo teceu elogias à Abel Braga (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)
ELOGIOS AO ADVERSÁRIO
Zé Ricardo demonstra ciência de que o Fluminense melhorou - e muito - na Taça Rio. Por isso, o comandante do Vasco reforçou o pedido de atenção junto a seus comandados, visando o clássico desta quarta, às 19h30, no Engenhão. Além disso, ele evidenciou ser fã do colega Abel Braga, adversário nesta rodada.

"Nos preocupamos com o Fluminense de um forma geral. Foi uma equipe que encontrou uma forma legal de jogar. O Abel, com todo seu conhecimento de jogo, achou uma maneira de atuar interessante e precisamos ter atenção. Temos que ter tranquilidade. Oscilações acontecem e se procurarmos toda hora ficar mudando, criamos dúvidas e falta de confiança no nosso grupo. Vamos procurar fazer um jogo forte amanhã e tomara que tudo dê certo", disse, em entrevista ao site oficial do clube.

Renato Chaves projeta clássico complicado (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)
Renato Chaves projeta clássico complicado (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)
INVICTO
Com 100% de aproveitamento no segundo turno, o Fluminense ostenta o melhor ataque e defesa da Taça Rio. Uma vitória contra o Gigante da Colina seria a consolidação desse novo momento, além de aproximar o time de Abel Braga das semifinais.

Renato Chaves analisa que o clássico será complicado, destacando que será decidido no detalhe.

"A gente sabe que clássico é um jogo totalmente diferente e atípico. Você tem que entrar mais concentrado que o normal. Vai ser um jogo duro entre duas equipes grandes que vêm fazendo um bom Campeonato Carioca. Temos que entrar focados. Clássico é clássico, sempre é difícil. Vamos entrar concentrados, como entramos em todos os jogos para que a gente possa sair vitorioso"afirmou, em entrevista coletiva nesta terça.

REENCONTRO
A rodada promoverá também o reencontro de Julio César com a torcida do Flamengo. Aos 39 anos, o goleiro que fez história na Europa com a camisa da Inter de Milão voltou ao clube de coração e que o revelou para o futebol para encerrar sua carreira profissional. Ele entra na vaga de Diego Alves, que será poupado. O atleta deixou o clube da Gávea há 13 anos.

Julio César vai se reencontrar com a torcida (Foto: Gilvan Souza / Flamengo)
Julio César vai se reencontrar com a torcida (Foto: Gilvan Souza / Flamengo)
CABOFRIENSE TEM JOGO IMPORTANTE CONTRA O MADUREIRA
A Cabofriense tem nesta quarta-feira (7) um desafio importantíssimo pela sua manutenção na Série A do ano que vem. O tricolor praiano visita o Madureira, às 15h45, em Conselheiro Galvão, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada da Taça Rio.

Embalada pela vitória na última rodada contra o Macaé, que quebrou um jejum de quatro jogos sem vitórias, o tricolor praiano espera continua pontuando para se garantir o quanto antes na Série A do ano que vem. Por isso, os três pontos contra o Madureira são fundamentais, já que o tricolor suburbano está abaixo na tabela de classificação que a Cabofriense.

"Cada jogo pra gente é uma final e essa vitória contra o Macaé deixou o grupo mais aliviado, mas não com o dever de missão cumprida ainda. Temos que entrar fortes como o Madureira como se fosse uma final, com responsabilidade, organizado. Esse momento o que vai fazer a diferença é a superação, vontade, raça, perseverança, sem desistir de nenhuma bola. Vamos jogar com o coração na ponta da chuteira. Estamos trabalhando muito para chegar amanhã e dar conta do recado", disse o lateral-direito Wellington Jr.

Com três pontos em três jogos na Taça Rio, a Cabofriense está na terceira colocação do grupo B, apenas atrás dos líderes Flamengo e Vasco.

Próximos Jogos
Botafogo-RJ x Bangu-RJ
06/03/2018 21:30
Madureira-RJ x Cabofriense
07/03/2018 15:45
Portuguesa-RJ x Nova Iguaçu-RJ
07/03/2018 16:00
Macaé x Volta Redonda-RJ
07/03/2018 16:00
Vasco-RJ x Fluminense-RJ
07/03/2018 19:30
Próxima RodadaVeja a Classificação!
 
 
" />