RJ: Felipe brilha, e Vasco goleia o Bangu pela Taça Rio

Torcedores estiveram em bom número em São Januário

por Agência Estado

Crédito: Alexandre Loureiro/FOTOCOM.NET

Rio de Janeiro, RJ, 03 (AFI) - Felipe joga com a seis, mas é o verdadeiro camisa 10 do Vasco. O veterano meia liderou a equipe de São Januário com duas assistências, iniciou o lance do terceiro gol e fez o quarto na goleada vascaína sobre o Bangu, 4 a 0, neste domingo, em seu estádio, pela sexta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

O elástico resultado deixa o time na liderança do Grupo A, com 13 pontos, um a mais que o Flamengo e dois à frente do Americano. O Bangu fica com seis no Grupo B.

"Eu já vinha numa crescente, joguei bem nos últimos jogos. A equipe está toda de parabéns, temos de nos impor dentro de casa", disse Felipe, o personagem da partida.

A volta do capitão ao meio de campo vascaíno foi fundamental para melhorar o rendimento do time. Ausente do empate sem gols com o ABC, de Natal, pela Copa do Brasil, o meia exibiu sua visão de jogo e precisão nos passes. Seria dele a assistência cirúrgica para o primeiro gol dos donos da casa.

De início, porém, foi o Bangu que levou perigo. Aos 10 minutos, Tiano cobrou falta com efeito, a bola bateu na trave e Prass colocou em seguida a escanteio. O Vasco respondeu em forte chute de Fellipe Bastos.

Aos 19, no entanto, o lance que pendeu a balança para o lado cruzmaltino. Raphael entrou com o braço em riste no rosto de Bastos e foi advertido com o segundo cartão amarelo e o vermelho.

O jogo virou ataque contra defesa e, depois de dois gols perdidos por Eder Luís, o zagueiro Dedé se beneficiou de passe milimétrico de Felipe e venceu Thiago Leal, aos 40 minutos.

A vitória foi basicamente sacramentada logo aos três minutos do segundo tempo. Felipe viu Eder Luís livre na meia-lua e rolou para que o atacante chutasse firme e fizesse o segundo. Com a sede saciada, o Vasco passou a administrar a posse de bola e a arriscar apenas estocadas esporádicas. Mesmo assim, foi fácil ampliar.

Aos 26, Felipe lançou Bernardo, que cruzou para Alecsandro tocar para as redes. Dois minutos depois, Felipe recebeu na entrada da área e, com um toque de categoria, achou o canto do goleiro Thiago.

Confira os jogos da Taça Rio

Sábado
Madureira 2 x 0 América
Nova Iguaçu 3 x 2 Cabofriense
Volta Redonda 1 x 2 Fluminense
Macaé 2 x 1 Boavista
Duque de Caxias 0 x 2 Flamengo

Domingo
Americano 0 x 0 Olaria
Vasco da Gama 4 x 0 Bangu

18h30
Botafogo x Resende

Veja a classificação da Taça Rio!