Exclusivo! Em comum acordo, técnico deixa Capivariano antes da volta do Paulista A3

O técnico Ricardo Costa conversou com exclusividade com o Portal Futebol Interior e explicou os motivos para essa saída

por Agência Futebol Interior

Capivari, SP, 29 (AFI) - Apesar do Campeonato Paulista da Série A3 estar caminhando para o seu retorno depois de uma longa pausa por conta da pandemia do novo coronavírus, o Capivariano terá uma baixa que deve ser bastante sentida para o restante da competição. Isso porque, em conversa exclusiva com o Portal Futebol Interior na manhã desta quarta-feira (29), o técnico Ricardo Costa confirmou que deixou o clube em comum acordo com a diretoria.

"Foi um acordo tomado em conjunto, tive diversas conversas com a diretoria. Mas, é lógico que essa parada influenciou bastante, até porque meu contrato terminou durante essa pausa e eu acabei ficando livre no mercado. A gente entende esse momento que o mundo da passando e os clubes vão acabar tendo diversas dificuldades neste retorno, pelos prejuízos financeiro de ficar tanto tempo parado, sem patrocínio", disse Ricardo Costa.

Ricardo Costa não é mais técnico do Capivariano
Ricardo Costa não é mais técnico do Capivariano
"Mas, foram conversas tranquilas, e saio pela porta da frente. Só tenho a agradecer ao Capivariano pela oportunidade que me foi dado. Estávamos fazendo um bom trabalho, o clube estava bastante organizado, mas entendemos que essa era o melhor momento para encerrarmos o ciclo e agora vou em busca de um novo desafio. Fico na torcida pelo clube, que merece logo sair desse Paulista A3", completou.

Agora, a diretoria do Leão da Sorocabana trabalha para encontrar um substituto para Ricardo Costa antes do recomeço do estadual.

SITUAÇÃO NA TABELA
Após 11 das 15 rodadas da primeira fase, o Capivariano está na zona de classificação para às quartas de final, ocupando a quarta colocação, com 18 pontos, cinco à frente do Rio Preto, primeiro time fora do G8.

Noroeste, com 26, lidera e é o único classificado para as quartas de final, enquanto Paulista, com sete, e Marília, com 11, formam a zona de rebaixamento para a Segundona Paulista. O retorno da competição deve acontecer em setembro.