Sem dinheiro, clube da Série D perde técnico campeão da Copa do Nordeste

Objetivo esse ano seria o acesso na Série D, mas com o clube sem dinheiro, ele entrou em acordo com a diretoria

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 30 (AFI) - Canindé Oliveira não é mais o técnico do Campinense. O motivo foi a falta de dinheiro, segundo o próprio treinador. Com o futebol paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus, a Raposa deixou de arrecadar e não tem como bancar o comandante.

O treinador, aliás, conhece bem o Campinense. Afinal, ele está marcado na história do clube paraibano. Em 2013, o treinador surpreendeu todos ao levar o Campinense ao lugar mais alto do pódio na Copa do Nordeste.

O objetivo esse ano seria o acesso na Série D do Brasileirão, mas com o clube sem dinheiro, Canindé Oliveira entrou em acordo com a diretoria rubro-negra. O Campinense está no Grupo A-3 ao lado de Guarany-CE, Salgueiro-PE, Afogados-PE, Floresta-CE, Atlético-PB, Globo-RN e América-RN, adversário de estreia.

Sem dinheiro, sem trabalho. (Foto: Samy Oliveira / Campinense)
Sem dinheiro, sem trabalho. (Foto: Samy Oliveira / Campinense)

MAIS TÍTULOS!
Oliveira Canindé, aliás, já está em Fortaleza, em sua casa no Ceará. Esse é outro estado bem conhecido do comandante. Oliveira Canindé tem em seu currículo o título da Série D do Brasileirão de 2010 com o Guarany, de Sobral.

Ele ainda ostenta os títulos da Copa Piauí, de 2012, com o Flamengo, do Campeonato Potiguar, de 2014, com o América, e do Campeonato Piauiense, de 2006, com o Parnahyba.