​Durante discurso, presidente da Caldense enaltece trabalho dos colaboradores

Na solenidade foram divulgados os nomes dos assessores e diretores, indicados pela diretoria executiva

por Agência Futebol Interior

Poços de Caldas, 09 (AFI) - Durante o discurso de posse, o presidente reeleito da Caldense, Rovilson Ribeiro, fez um balanço da sua gestão 2019/2020 e comentou sobre os aprendizados quando esteve vice-presidente na administração de Antônio Bento Gonçalves no biênio 2017/2018.

MELHORIAS

Rovilson falou sobre as principais melhorias conquistadas para o clube nos últimos anos, comentou a respeito das dificuldades impostas pela pandemia e mostrou muito otimismo para os próximos dois anos, tanto no futebol, quanto no esporte especializado e na parte social. Também agradeceu e enalteceu o trabalho de todos os colaboradores.

Foto: Divulgação / Caldense
Foto: Divulgação / Caldense

“Se a Caldense está firme e forte com 95 anos é por conta de pessoas que vem ao longo dos anos trabalhando e lutando pelo clube. Não canso de dizer sempre que tenho a oportunidade que a Caldense não foi construída agora. Ela foi construída com o trabalho dos presidentes, conselheiros, diretores e funcionários que por aqui passaram.

Temos funcionários aqui de muitos anos, pessoas que fazem parte do clube de uma forma intensa. Por isso temos que enaltecer todos. Eu como presidente, sou apenas uma peça que tento conciliar tudo isso, mas dependo demais do trabalho dessas pessoas.

Agradeço a todos e espero que tenhamos uma boa gestão e iremos trabalhar muito para sempre elevar ainda mais o nome da Caldense”, discursou o presidente.

Além de Rovilson, a diretoria executiva é composta pelos vices Luis Fernando Soares e Antônio Bento Gonçalves. Bem como os conselheiros fiscais efetivos Flávio Togni Lima e Silva, Alexandre Sampaio e Sebastião Carlos Rabello e seus membros suplentes Antônio Luiz Mosca, Ivan Leite Ferreira e José Cássio B. do Carmo.

NOVO DIRETOR FALA EM BUSCA DE TÍTULOS NO COLORADO

NOMES DIVULGADOS

Na solenidade foram divulgados os nomes dos assessores e diretores, indicados pela diretoria executiva, que serão responsáveis por cada um dos departamentos do clube. Dos mais de 30 cargos houve apenas cinco novidades: Bruno Molina (assessor de basquete), Juraci Almeida (assessor de futebol society), Otávio Ribeiro (assessor da presidência), Mário Henrique Garcia (assessor de artes marciais) e José Mendes (assessor da sauna masculina). Os demais foram mantidos em suas funções.

“Desde de 2017 estamos mantendo a diretoria. E tem aquela velha máxima de que time que está ganhando não se mexe. Então estamos dando sequência ao trabalho e mantivemos a grande maioria dos assessores e diretores.

Todos realizaram um bom trabalho, que nos ajuda muito. A Caldense tem muitos setores, são várias modalidades e precisamos dessas pessoas abnegadas, que fazem um trabalho voluntário, assim como nós da diretoria executiva, que trabalham para promover melhorias no nosso clube”, comentou o presidente Rovilson Ribeiro.