Gerente deixa a Caldense agradecendo e espera novos desafios

Alex Joaquim aproveitou suas mídias sociais para agradecer. Elogiou dirigentes, torcedores e a imprensa

por Agência Futebol Interior

Poços de Caldas, MG, 16 (AFI) - Passada uma semana de sua saída da gerência de futebol da Caldense, de Poços de Caldas-MG, Alex Joaquim aproveitou suas mídias sociais para agradecer o período em que atuou no clube, elogiando dirigentes, torcedores e a imprensa.

Alex Joaquim agora busca novos desafios
Alex Joaquim agora busca novos desafios

"Foram quinze anos dedicados à Caldense, sendo os últimos seis na gerência de futebol do clube. Avalio que cumpri o meu papel, embora acreditasse que poderia continuar desenvolvendo um projeto que levasse o clube para a Série C do Campeonato Brasileiro", expôs Alex Joaquim.

CALENDÁRIO NACIONAL
Com Alex Joaquim, a Caldense ganhou calendário nacional e deixou de ser reconhecida apenas um clube bem organizado no Sul de Minas Gerais para também haver o reconhecimento pelo êxito em suas campanhas, tendo sido vice-campeão mineiro em 2015 e brigado pelo acesso na Série D do Campeonato Brasileiro por dois anos consecutivos.

Agora, Alex Joaquim espera se recolocar no mercado e continuar desenvolvendo o mesmo trabalho que vinha desenvolvendo em Poços de Caldas em outras equipes.

MORAIS MARTINS ASSUME
Para o lugar de Alex Joaquim, a direção anunciou Morais Martins, que tem atuado apenas em equipes de pouca expressão no interior mineiro. Em 2015, enquanto a Caldense comemorava o vice-campeonato estadual, Morais Martins amargava um rebaixamento no Mamoré que foi o lanterna da competição.