Clube da Série B volta com flores, minuto de silêncio e atletas de joelho

Veterano atacante Alecsandro levou flores ao centro do gramado

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 23 (AFI) - O CSA voltou a treinar nesta terça-feira. Antes das atividades, porém, o grupo prestou diversas homenagens às vítimas de Covid-19. São 920 alagoanos que morreram por causa do novo coronavírus.

"Nunca foi só futebol. É união, é esperança, é compreensão, é parceria, é amor! Voltamos hoje ao campo, à nossa rotina de treinos, depois de quase três meses afastados, com uma saudade no peito e preocupação com o futuro do nosso país", postou o clube nas redes sociais.

Espaço incorporado por HTML (embed)

O veterano atacante Alecsandro levou flores ao centro do gramado. Os jogadores fizeram um círculo e ficaram ajoelhados durante o minuto de silêncio no CT Nelson Peixoto Feijó.

"Mas também voltamos com esperança de dias melhores,com a vontade de trazer alegria de volta ao coração dos Azulinos(as)e do esporte alagoano.Em nosso primeiro dia de volta,queremos homenagear todas as 51 mil vítimas da Covid-19,no Brasil, e aos 920 alagoanos que perderam suas vidas", continuou o Azulão.

FAZ TEMPO...
Homenagens azuis. (Foto: Reprodução)
Homenagens azuis. (Foto: Reprodução)
O Campeonato Alagoano está paralisado desde meados de março. Desde então, o clube entrou de férias e depois treinou de forma online e individual.

"Nossa diretoria, jogadores e comissão técnica presta toda solidariedade às famílias, neste momento. A luta continua. Estamos com vocês! Protejam-se!", finalizou o clube nordestino.

Enquanto a Série B do Brasileirão não começa, o CSA ocupa a terceira colocação do Campeonato Alagoano com dez pontos, dois a menos do que o líder Murici. Na Copa do Nordeste, o Azulão está na oitava posição com quatro pontos.