CSA libera colombiano ex-Vasco e empresta atacante paraguaio para time da Série B

Manga Escobar e Julián Benitez não permanecem no Azulão do Mutange para a sequência da temporada

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 14 (AFI) - Lutando contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o CSA segue afinando o elenco para a sequência da temporada. Na manhã desta quarta-feira, o Azulão do Mutangue confirmou duas saídas de atacantes: o colombiano Manga Escobar e o paraguaio Julián Benitez.

O CSA ocupa a 19ª colocação da tabela de classificação, com oito pontos em 14 rodadas. O Fluminense, com 12, está em 16º e é o primeiro fora da zona de rebaixamento para a edição de 2020 da Série B.

Manga Escobar vai deixar o CSA
Manga Escobar vai deixar o CSA
ADEUS!
Manga Escobar tem contrato apenas até 19 de agosto e não terá o vínculo estendido. Contratado com expectativa no começo do ano, o ex-jogador de Estudaintes, Vasco e Atlético Medellín marcou dois gols em apenas 11 partidas e sequer foi a campo no Brasileirão.

Julián Benítez, por outro lado, pertence ao clube alagoano, pelo qual disputou apenas um amistoso desde que chegou, em 25 de junho, até 10 de dezembro. Entretanto, será emprestado para o Vila Nova, onde disputará o restante do Campeonato Brasileiro da Série B e não retornará a Maceió.