Série B: Após empurrão, árbitro relata agressão de meia do CRB

Diego Rosa empurrou Elmo Alves Resende Cunha durante empate frente ao Paysandu

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 10 (AFI) – Diego Rosa pode ser severamente punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportivo (SJTD) por ter empurrado o árbitro Elmo Alves Resende Cunha no empate por 1 a 1 diante do Paysandu, no Estádio da Curuzu. O lance aconteceu nos minutos finais do duelo, após uma falta de Nando Carandina em cima de Iago.

“Com o jogo paralisado, após a marcação de uma falta a favor de sua equipe, se aproximou de mim (árbitro da partida) protestando acintosamente contra minha decisão, dizendo: Tá louco é para expulsão, e em ato contínuo utilizou as duas mãos para me agredir com um empurrão na altura do peito”, relatou o árbitro, em súmula.

Diego Rosa deve ser punido pelo STJD - Douglas Araújo / Ascom CRB
Diego Rosa deve ser punido pelo STJD
Em termos de comparação, Dudu, do Palmeiras, acabou punido em 2015 com seis meses de suspensão por empurrar o árbitro Guilherme Ceretta de Lima, na final do Campeonato Paulista, contra o Santos. O Verdão conseguiu um acordo e acabou reduzindo a pena do atleta para seis partidas, além de uma multa no valor de R$ 50 mil.

No caso de Diego Rosa, deu a impressão de que o jogador tentou afastar o árbitro, que teria o ‘peitado’ para se impor. Nada que justifique a atitude.O certo é que está de fora da partida contra o Goiás, marcada para o dia 19 de outubro (sexta-feira), às 19h15, no Rei Pelé.

O CRB está em situação delicada na Série B. O Galo ocupa a 16ª colocação, com 32 pontos, mesma pontuação do Paysandu, na zona de rebaixamento.

 
 
" />