Mesmo com 2 a 0 contra, técnico do Brusque crava: "Está em aberto"

Precisa ganhar por três gols de diferença. Se vencer por dois gols, então levará a decisão do título para a cobrança de pênaltis

por Agência Futebol Interior

Brusque, SC, 10 (AFI) - O Brusque é o atual campeão da Série D do Campeonato Brasileiro e líder do Grupo B da Série C. Na final do Campeonato Catarinense, no entanto, o time do interior se complicou ao perder por 2 a 0 para a Chapecoense, em Chapecó. Ainda assim, o técnico Jerson Testoni mantém a confiança em alta.

"Vamos enfrentar um adversário que está com 2 a 0 de vantagem. A gente vai ter que procurar, dentro da nossa casa, fazer o nosso jogo. Tenho certeza que este grupo está preparado para isso. Vamos lutar até o final. A torcida já conhece esse grupo. Está em aberto", disse ele após a partida.

Confiança em alta. (Foto: Divulgação)
Confiança em alta. (Foto: Divulgação)
AINDA DÁ?

A missão de chegar ao seu segundo título e repetir o feito de 1992 ficou bem complicada para o Quadricolor, como é chamado o Brusque. Precisa ganhar por três gols de diferença. Se vencer por dois gols, então levará a decisão do título para a cobrança de pênaltis.

"Começamos um pouco inseguros, erramos algumas bolas. Acho que a gente teve uma posse bem maior. O jogo se desenhou com a gente tentando, tendo iniciativa e propondo, e o adversário esperando de uma forma mais reativa. Acho que a gente tentou do início ao fim, faltou um pouquinho no último terço para concluir em gol. Esse grupo tem muito crédito. A gente já reverteu coisa pior", comentou Testoni.

O jogo de volta está marcado para domingo às 16 horas no estádio Augusto Bauer, na cidade de Brusque.